..::Seus Passos::.. - Skank

E quando caio do seu bolso
Escorrego pelo rosto
Nossos beijos e palavras
Ficam soltos no lugar
E o que dizer desse segundo
Distraído do olhar
Que no infinito corre mundo
Onde o céu encontra o mar

Nesse jogo de reflexo
A certeza me distrai
Seu desejo é meu início
E eu estou tão perto agora, eu sei
Você vai dizer que não
Eu sigo seus passos
A caminho do meu coração
Você vai dizer que não
Eu sigo seus passos

Uma curva, não um risco
Alegria é como um vício
Nesse livro nossa história
Estampada em seu olhar

Nesse jogo de reflexo
A certeza me distrai
Seu desejo é meu início
E eu estou tão perto agora, eu sei
Você vai dizer que não
Eu sigo seus passos
A caminho do meu coração
Você vai dizer que não
Eu sigo seus passos
O caminho é meu coração

Postado por vanessa.sc às 18:29:46
  | Encaminhar Este Post

..::Até quando?::..

Até quando nós devemos não nos meter na vida de nossos amigos? Essa é uma pergunta que eu tenho me feito nos últimos dias devido a uma coisa que eu sei que está acontecendo com uma pessoa por quem eu tenho um carinho muito grande.

 

Já me falaram que eu não devo tentar entender certas coisas senão minha cabeça entra em parafuso, mas quando eu falo “tentar entender” não é tentar entender porque uma pessoa tenta estragar a sua vida, e acreditem, a maioria das pessoas que eu conheço que são assim, tem tudo para dar certo na vida. Mas tentar entender o motivo que levam determinadas pessoas a fazer certas coisas.

 

Poxa, uma pessoa muito legal, que simplesmente me faz rir, me diverte, claro não estou chamando ninguém de palhaço, mas sim de divertido, está estragando a vida com uma bobagem... Acho que eu não vou falar aqui do que se trata, acho que cada um tenta imaginar o que for...

 

Eu, como amiga estou ali do lado, não vou recriminar ninguém, até porque as pessoas com as quais eu convivo já são bem grandinhas para precisar de uma babá, acho que dá última vez, eu me magoei tanto que simplesmente hoje eu deixo as pessoas fazerem da vida delas o que elas bem entendem, mas quando a gente gosta de uma pessoa, vê que ela está jogando o futuro fora? O que fazer?

 

O que fazer quando essa pessoa não é tão aberta assim pra conversa? Eu sei que eu vou acabar falando alguma coisa, lógico não irei me afastar, até por que eu acho que numa hora dessas as pessoas precisam de amigos perto e não de ver amigos se afastando, mas o problema é que eu sou meio estressada... Ta sou bem estressada, quem me conhece sabe, e eu se ver que a pessoa não está ligando para a vida dela, eu falo o que me vem à cabeça e sei que eu irei magoar demais o que eu não quero.

 

Mas tem outra coisa, se eu me calar, penso eu que não serei tão amiga assim, não é? Não sei o que pensar, sinceramente, pela primeira vez não sei como agir em uma determinada situação. As vezes eu acho que sou meio... Digamos, indiferente com as coisas e problemas das pessoas. Aprendi a ser assim, desde que escutei que a vida era da pessoa e eu não tinha que me meter e sim aceitar, mas caramba... É amigo cara, e nessas horas, a gente se sente impotente no que tem que fazer... Queria poder saber lidar com essa situação de uma maneira mais clara e não com essa confusão que está aqui dentro, porque eu me conheço e sei o que irá acontecer se isso continuar assim... farei a mesma coisa que Poncio Pilatos fez... E sinceramente isso é a minha última alternativa... Mas a mais provável!

Postado por vanessa.sc às 10:33:28
  | Encaminhar Este Post

..::If everyone Cared::..

From underneath the trees, we watch the sky
Confusing stars for satellites
I never dreamed that you'd be mine
But here we are, we're here tonight
Singing amen, i'm alive
Singing amen, i'm alive
[chorus]
If everyone cared and nobody cried
If everyone loved and nobody lied
If everyone shared and swallowed their pride
We'd see the day when nobody died
And i'm singing
Amen i, i'm alive
Amen i, i'm alive
And in the air the fireflies
Our only light in paradise
We'll show the world they were wrong
And teach them all to sing along
Singing amen i'm alive
Singing amen i'm alive
[chorus (x2)]
And as we lie beneath the stars
We realize how small we are
If they could love like you and me
Imagine what the world could be
If everyone cared and nobody cried
If everyone loved and nobody lied
If everyone shared and swallowed their pride
We'd see the day when nobody died
We'd see the day, we'd see the day
When nobody died
We'd see the day, we'd see the day
When nobody died
We'd see the day when nobody died

Eu tenho reclamado que a série Heroes não tem trilha sonora, mas agora nos próximos capítulos eles alopraram, colocaram logo Nickelback, LINDA LINDA LINDA... Isso é pra calar minha boca, hahahaha

Postado por vanessa.sc às 12:13:15
  | Encaminhar Este Post

..::Bom, ruim, assim, assim::..

Por Pedro Bial.

Quer saber de uma coisa? Tudo pode ser bom, ruim e principalmente
assim assim
Tudo ao mesmo tempo ou não, e não necessariamente nessa ordem
Bom é chegar na praia à tardinha, anuncio de por de Sol, a água
de ondas mansinhas
Jogar bola na espuma e sob o céu encaixa como se fora Tafaréu.

É bom também quando começa a chover
E as gotas fazem cócegas na superfície do mar
Como se um cardume infinito prometesse matar a fome
De todo o Vidigal, Rocinha, Cidade de Deus e Vigário Geral.

Ruim é lembrar daquele amigo que de prancha na mão
Morreu de um beijo roubado de um raio, da lembrança a correria,

O medo... o medo... medo é bom, ruim é o medo de ter medo!

Bom voltar trocar chuva por chopp e passar atrás da pelada
A bola vai pra fora e como na crônica de Rubem Braga sobra pra
você
Que mata no peito faz embaixadinha e devolve redondo... num
chute perfeito
Ruim é a fisgada na coxa sair mancando disfarçadamente...
A vergonha de ta decadente não é ruim, ruim é o orgulho que se
nega a reconhecer a decadência.

É bom a cidade estranha em que você nunca esteve e sabe que
nunca mais vai voltar
E nesse lugar você tem uma obrigação sem graça que cumpre com
estilo e precisão
Traçando um dia perfeito no arco do tempo

Quando cai a noite é bom tomar um banho e sob o chuveiro é bom
sentir saudade,
Ruim é não ter saudade, e como é bom sair sem direção pelas ruas
da cidade
Pensando no que você fez da sua vida e no que a vida fez em você

Bom é sonhar, realizar não é tão bom, mas ruim mesmo é não
realizar

O fim de um grande amor é muito, muito ruim, um grande amor não
tem fim!
Bom é amar, ruim é amar... Bom é encarar a vida com fantasia.
Quando um poeta desaparece é bom colocar chapéu de Bogar que
tudo pode solucionar...
Ruim é encontrar o precipício, morrer não deve ser tão ruim
assim...
E pode ser bom falar sobre bom e ruim, e pode ser pior assim
assim ... bom!

Postado por vanessa.sc às 22:33:21
  | Encaminhar Este Post

..::Bohemian Rhapsody vira sabor de sorvete::..

A fabricante de sorvetes Ben & Jerry arranjou uma maneira criativa de ajudar a Mercury Phoenix Trust, instituição que combate a AIDS em todo o mundo.

A empresa vai lançar no mercado o sorvete com sabor "Bohemian Raspberry", de framboesa, em homenagem ao clássico do Queen, "Bohemian Rhapsody".

O sorvete faz parte de uma linha que tem a música como tema - outros sabores já lançados foram "Phish Food", inspirado na banda Phish, "Cherry Garcia", um tributo ao líder do Grateful Dead, Jerry Garcia, e "Glastonberry", em homenagem ao famoso festival britânico de Glastonbury.

O guitarrista do Queen, Brian May, aprovou a idéia e sugeriu que o próximo lançamento seja no sabor "We Will Chock You", trocadilho engraçadinho com "We Will Rock You", outro clássico da banda.

A Mercury Phoenix Trust foi fundada em 1992 durante o tributo a Freddie Mercury, vocalista do Queen falecido no ano anterior. A renda arrecadada com o "Bohemian Raspberry" será revertida para a instituição.

Fonte: Omelete

Postado por vanessa.sc às 20:23:12
  | Encaminhar Este Post

..:: Saudade 2::..

A atriz Nair Bello, 75, morreu hoje no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após cinco meses internada. Ela sofreu três paradas cardíacas no dia 11 de novembro do ano passado.

A atriz chegou a sair da UTI (unidade de terapia intensiva) do hospital, entrando em processo de reabilitação na Unidade de Cuidados Semi-Intensivos. O quadro chegou a evoluir a ponto de a atriz pronunciar algumas palavras, folhear revistas e assistir à televisão. Mas, no fim de março, ela apresentou quadro de arritmia cardíaca (irregularidade do ritmo cardíaco) e teve de voltar à UTI.

Clique AQUI para ler a notícia completa.

Fonte: UOL

Postado por vanessa.sc às 11:37:44
  | Encaminhar Este Post

..:: O Sonho Acabou... Ou é o começo de outro::..

 Depois de 17 anos juntos, os irmãos Sandy e Junior decidiram se separar. Os filhos do cantor sertanejo Xororó publicaram hoje um vídeo no site oficial da dupla (www.sandyejunior.com.br) em que falam sobre a decisão.

O último trabalho conjunto de Sandy e Junior será o "Acústico MTV", a ser gravado em maio, no qual, segundo dizem, vão "revistar toda a obra, com músicas inéditas e participação de convidados".

Junior e Sandy disseram que estavam tranqüilos e seguros da decisão de se separar. O "Acústico MTV" será lançado em CD e DVD.

"A gente sabe do respeito que a gente deve aos fãs", disseram os cantores, que citaram também o "compromisso nosso para com vocês" para manifestar essa decisão por meio do vídeo, "sem edição", no site oficial.

Ainda neste ano, a dupla pretende se apresentar em diversas cidades brasieliras com a turnê do "Acústico MTV". "É a nossa maneira de se despedir do nosso trabalho", disse Sandy.

Sandy e Junior começaram a carreira musical ainda crianças, como cantores caipiras. Adolescentes, se transformaram num dos grandes fenômenos pop dos anos 90, com milhões de discos vendidos, shows superproduzidos, programa de TV, além de incursão no cinema (o mal-sucedido "Acquaria") e uma tímida carreira internacional. Os irmãos de Campinas foram os maiores ídolos adolescentes da década passada no Brasil.

Agora, com 24 anos de idade, Sandy tenta direcionar a carreira para o jazz, enquanto Junior, 23, se apresenta como baterista da banda Soulfunk, participa de jams e está cada vez mais envolvido em produção musical.

Fonte: Uol Noticias

Postado por vanessa.sc às 11:29:33
  | Encaminhar Este Post

..::Eu por mim::..

1 - Nome completo: Vanessa Santana Carvalho
2 - Apelido: Depende da pessoa: Galera da Net: Lady_Hawk; Galera de casa: Nessa
3 - Cor favorita: azul, branco, amarelo, preto
4 - Time: da paz
5 - Data de aniversário: 28/01
6 - Onde mora: Manaus
7 - Programa de TV favorito: Séries de TV e Filmes... Roma
8 - O que você tem no mouse pad: não tenho mouse pad
9 - Cheiros favoritos: Tathy, Ck Be, Ferrari, Carreira, Tommy Girl
10 - Pior sentimento do mundo: Inveja, Indiferença
11 - Melhor sentimento do mundo: amizade
12 - Dois defeitos seus: teimosa e indiferente
13 - Quatro qualidades: deixo meus amigos falarem
14 - Qual a 1ª coisa que você pensa quando acorda de manhã? “escovar os dentes”
15 - é romântico(a)? Já fui mais
16 - Montanha-russa: assustadora ou excitante? É legal...
17 - Caneta ou lápis? Depende da situação
18 - Quantos toques antes de atender o telefone? Depende do que eu estiver fazendo ou se estiver em casa, e claro, da pessoa rs
19 - é amigo(a) do telefone ou só usa quando necessário? Depende da pessoa rs
20 - Comida? A boa
21 - Você se dá bem com seus pais? Sim
22 - Quem você tem como irmão? Sérgio (irmão de alma – agora ele morre rs)
23 - Namorar ou ficar? Sozinha no momento e está muito bom
24 - Você tem muitos amigos? Os necessários
25 - Se você tem, como se sente quando rodeado por eles? Feliz, claro
27 - O que você mais gosta de fazer ? Ver filmes
28 - Chocolate ou baunilha? Agora nem chocolate
29 - Sorvete preferido: Acho que é cupuaçu...
30 - Torrada ou bacon? Nenhum deles
31 - De quem você sente saudade? Da minha avó
33 - Quem você levaria para uma ilha deserta? Um dos três: Tom Welling (o mais cotado); Greg Grunberg ou Matthew MCfayden
34 - Qual seu signo zodiacal? Aquário ( só o melhor)
35 - Qual o seu poeta favorito? Vinicius
36 - Qual sua bebida favorita? Água e Coca
37 - Para tingir seu cabelo de uma cor, qual seria? Não gosto dessas coisas
38 - O que tem nas paredes do seu quarto? Tinta
39 - O que tem debaixo da sua cama? Chão
40 - Você é destro(a), canhoto(a) ou ambi-destro(a)? canhota
41- Qual seu número favorito? Era 2, agora eu fico somente com 1 mesmo, dá menos confusão
42 - Noite ou dia? Depende pra quê, mas geralmente dia
43 - Qual é o carro dos seus sonhos? O meu
44 - Esporte favorito: pra assistir volei
45 - Um grande amor da sua vida: Rayssa, Larissa, Isabela, Thais, Misty...
46 - Está apaixonado no momento? Estou... Pela minha faculdade
47 -Está sendo correspondido? Eu acho, eu passei, hahahaha
48 - Vale a pena amar? Não
49 - Que você estava ouvindo enquanto respondia este questionário? O barulho da chuva
50 - Melhor beijo: o apaixonado
51 - Menino ou menina que você mais amou na vida: Rafael e Tek
52 - Medo de alguma coisa? tenho
53 - Se sim, de que? De ter medo
54 - Um sonho: encontrar com o carinha dos meus sonhos, nem que seja em outra dimensão
55 - Hora de dormir: depende do sono
56 - Banda preferida: Jota Quest e Lifehouse
57 - Uma frase: o essencial é invisível aos olhos
58 - Uma música: Come Back Down (apesar dos pesares, ela me passa positividade)
59 - Uma mania: net
60 - Diga adeus agora: bye now

Postado por vanessa.sc às 08:22:02
  | Encaminhar Este Post

..::UFAM e OAB::..

Hoje começou minha aula no ICHL. E assim, me senti de volta aos anos 80. O prédio TODO tem clima oitentista. Salas, carteiras, banheiros (que tudo bem, por mais que seja uma faculdade pública – EU PASSEI NA UFAM- poderia sim ser limpinho), quadros de avisos... Gente, demais. Lembro quando minha tia estudava lá, eu sempre tive vontade de poder estudar num local como o ICHL, é muito divertido tudo lá. Claro, conta o fato de eu estar fazendo História e tal, mas também... Não sei como falar, tudo lá tem uma coisa diferente. Professores meus foram de lá e toda vez que minha tia falava do campus, eu ficava morrendo de vontade de estudar lá. Enfim, consegui.

 

É até uma maneira de eu ficar menos nervosa, e só agora a ficha resolveu cair, em relação a prova da OAB, que saiu o gabarito, mas não adianta, pois eu não estou com o caderno de prova. Eu deixei pra falar hoje da prova, por que sabia que se eu fosse falar ontem iria dar merda, pois eu iria ficar com raiva de tudo o que aconteceu. Apesar de não ter acontecido nada de tão anormal. Primeiro consegui uma carteira de canhoto (acho que amanhã eu vou atrás de uma no ICHL), mas o problema foi que... A prova em si não estava legal. Queria tanto passar pra segunda fase... São somente 50 pontos, mas eu acho que não vou conseguir. Infelizmente, e isso está me deixando triste, pos mais que eu não demonstre isso pra ninguém. Queria dar essa alegria pro meu pai, mas eu acho que não foi dessa vez não. A mamãe estava me falando que um conhecido dela fez 5 vezes antes de passar... Eu não quero chegar até isso não. Já me basta ter feito 4 vezes direito de família, rs. O chato é que assim, sem essa droga não da para fazer nada do que eu pretendo. De tão nervosa eu estou com falta de ar esses dias... Vamos esperar todos falam... Mas caramba... nem sonhando!

Postado por vanessa.sc às 22:56:11
  | Encaminhar Este Post

..::Saudade: palavra mágica do vocabulário português::..

Prova da OAB à parte vamos falar de uma coisa que me deixou um pouco triste. Essa semana foi ao ar o último capítulo da série The OC, no início eu não gostava muito dela não, mas com o passar da primeira temporada acabei me afeiçoando com os problemas da família Cohen e seus amigos.

 

A série contava a história de Ryan, um garoto problema que viu sua sorte virar quando foi adotado por uma família rica de Newport Beach, na Califórnia. Nela ele aprendeu o valor da família, amizade e amor tendo que rever todos os conceitos aprendidos por alguns anos com uma mãe alcoólatra e um pai violento.

 

O legal que essa adoção serviu de ajuda para toda a família do Ryan, que mesmo distante sempre se preocupava com a mãe e o irmão (apesar de esse último não merecer uma gota de lágrima do Ryan).

 

Histórias a parte, a série era legal porque além de mostrar valores familiares, coisas universais como amor e amizade, ela era cômica demais. Aveia cômica ficava por conta do melhor amigo, e irmão do Ryan, Seth e sua eterna namorada, Summer.

 

Bom, o fato é que o último capítulo foi RIDÍCULO. Eu sinceramente esperava mais por ele. Mesmo a série tendo sido cancelada no meio da temporada, acho que ela merecia um final melhor do que o apresentado. Claro, final este digno de quem está louco para se ver livre de um grande problema, corrido. Em minha opinião, aquele final poderia ter sido dividido em dois. E o final dele, final mesmo assim, da maneira como terminou, apesar de MUITO bonita, mostrando Ryan querendo ajudar um garotinho e se lembrando dele mesmo, foi assim... Deixou uma sensação de “ué, mas já?”. É aquela coisa, The OC por mais que alguns falem que não gostavam, vai deixar saudades. Fiquei triste, quero ver agora o que irei assistir nas noites de quinta feira.

Postado por vanessa.sc às 19:43:47
  | Encaminhar Este Post

Eu sinceramente não sei aonde vamos parar. Estava almoçando agora, e um dos secretários do Prefeito Serafim estava falando no rádio que algumas pessoas perderam tudo de suas casas em decorrência das fortes chuvas que ocorrem no mês de Março.

Trágico não? Até concordaria com vocês se os culpados disso não fossem os próprios moradores. Eles não têm pena em jogar lixo nos igarapés que ficam próximos às suas casas quando estamos no verão. Jogam tudo, geladeira, fogão e sofás velhos nos igarapés. É CLARO que na hora das chuvas, que venhamos e convenhamos, são fortes mesmo aqui em Manaus, não tendo para onde escorrer, a água invade as casas mesmo. E aí nessa hora a culpa é sempre dos governantes da cidade.

Eu não estou defendendo o prefeito, pelo contrário, não votei nele nas últimas eleições, mas também Dai a César o que é de César... Por mais que eu não tenha votado nele, e que Manaus esteja um caos em decorrência das obras que ele anda fazendo, por isso não podemos culpá-lo. Nem a ele nem a ninguém da Administração e sim aos próprios moradores, infelizmente.

Postado por vanessa.sc às 11:49:01
  | Encaminhar Este Post

..::Amigos: irmãos que escolhemos::..

É ruim quando temos que abrir mão de certas coisas na vida. Eu tive que fazer isso com um “amigo” que eu achava que fosse para a vida inteira. É ruim quando gostamos de uma pessoa, pois é inerente ao ser humano, não vermos os defeitos dela, mas chega uma hora que precisamos abrir os olhos para podermos nos preservar.

 

Estava falando com, acho que meu melhor amigo mesmo, e estávamos conversando sobre isso, qualquer relacionamento unilateral nunca é bom, não se pode amar sozinho, ser amigo sozinho... Quer dizer, até pode, mas chega uma hora em que, ou damos um basta nisso ou então cavamos nossa própria cova, pois você acaba se machucando e muito com um relacionamento assim.

 

Quando eu tive que me afastar, não foi tão fácil com eu sei que ele está pensando, afinal de contas, por um amigo eu dou minha vida, e ele era bem mais que isso. Só que houve um tempo que isso pra mim já não era mais vantajoso. Eu cansei de só eu fazer alguma coisa para continuar a amizade.

 

Acho que se eu for lembrar claro que eu gostava por estar na companhia dele, enquanto eu todo fim de semana saia com ele para ir para os pagodes da vida, se ele foi três vezes ao cinema comigo foi muito. Coisas assim que por mais que eu relevasse doíam de alguma forma. E quando ele ia, ou era com outras pessoas, amigos em comum e não me chamava, ou então ia sozinho. Ta, eu concordo com o fato de que todo mundo tem o direito de andar com quem quiser e por isso mesmo eu me afastei. Chegou um momento que eu iria acabar falando um monte de coisas e nem as boas lembranças iria restar.

 

Guardo com carinho todas as vezes que rimos, que eu o apoiei, que choramos, que conversamos... Enfim que trocávamos idéias e pensamentos, e por ter carinho por eles eu simplesmente continuei.

 

Não pense que lhe quero mal, apenas não lhe quero mais”... Torço sempre por você, quero saber que você está sempre bem.

Como disse uma vez o Jerry Lewis, quando perguntado sobre sua amizade com o Dean Martin: sou capaz de dar 1 milhão de dólares pra ele se ele precisar, só não o quero em minha casa.

Postado por vanessa.sc às 08:58:42
  | Encaminhar Este Post

..::Apenas revolta de uma Blogueira indignada::..

É aonde nós vamos parar com tanta violência? Saiu no site do UOL Noticias que o governador do Rio, Sérgio Cabral fez formalmente o pedido de ajuda das forças armadas para ajudar a polícia do Rio no crime organizado.

 

Pra quem assistiu ao filme “NY Sitiada” vai se lembrar de como tudo aconteceu, segundo nosso presidente, ele ainda está avaliando a melhor maneira das forças armadas para ajudar nessa situação.

 

Mas esse não é o problema a meu ver, e sim o fato de um governador de Estado pedir ajuda de militares no combate do crime organizado que no Rio de Janeiro está em proporções absurdas. Acho que já está na hora de toda uma população parar para pensar no que é melhor para o País, ver a cidade maravilhosa, e ela É maravilhosa, com militares nas ruas, ou então começar a levantar a bunda da cadeira e fazer algo mais precisa para que isso acabe.

 

Fico triste de imaginar uma cena dessas, quando eu estava estudando o Golpe Militar de 64 ficava imaginando como foi que aconteceu a “invasão” no Rio, Minas e São Paulo... Bom por mais que tenha sido feito um pedido formalmente do governador, acho que para a população fluminense vai ser traumatizante ver soldados armados até os dentes subindo os morros, por mais que seja para a própria segurança da população, é sempre uma cosa que dá medo. Jamais pensei que com 30 anos de idade eu fosse ver uma cena dessas.

 

Onde está a segurança? E o que mais me da raiva é que nosso querido Congresso Nacional aprovou no dia 9 a reformulação da Lei de Execuções Penais de uma maneira mais branda para quem comete crime hediondo. Isso é um absurdo como falou meu professor de Processo Penal do Curso da OAB. Uma lei que foi revisada para ser mais severa acabou sendo mais benéfica, pois com essa revisão foi aprovada a concessão de liberdade provisória, coisa que antes não tinha e começar o cumprimento da pena em regime fechado, permitindo assim a progressão de regime por bom comportamento. Isso é RIDICULO. Bandido quando é condenado e preso vira santo e vem direitos humanos falar de dignidade da pessoa humana. Sinceramente, eu acho que os... Sinceramente não sei nem como classificá-los, mas as pessoas que mataram o João Élio não estavam muito preocupados com a dignidade dele... Uma criança de 8 anos de idade, CRIANÇA gente, CRIANÇA que foi arrastada por não sei quantos metros até o cinto de segurança arrebentar...

 

Quer dizer, o João Élio não tinha direito de ter dignidade? E os caras que cometeram Latrocínio (roubo seguido de morte) têm? Gente onde é que está o tal direito humano no que diz respeito ao João?  Sinceramente isso me revolta ainda mais sendo bacharel em Direito dá desgosto até falar que eu estudei Direito e ver que tudo o que eu estudei na teoria não vale PORRA NENHUMA pra esse bando de ladrão que estão no congresso nacional e eu não estou falando somente dos Deputados não, os senadores também estão no bolo. E era para eles serem os Guardiões da nossa Constituição; e o que mais me deixa revoltada é ver um deputado, que é pago para isso, falar que aprovou o projeto de lei sem nem ao menos ler o que estava dentro dele. Quer dizer,... Gente isso é absurdo, e ninguém vê o que está acontecendo. Eu chego a querer chorar de revolta, raiva, tristeza de ver que as pessoas que SUPOSTAMENTE deveriam ser os de reputação ILIBADA, ou seja, que prezam o povo brasileiro acima de tudo estão mais preocupados com o fato de trabalhar ou não na segunda do que... Olhar para o que eles realmente são pagos.

 

Depois que um pai desesperado começa a torturar os criminosos com as próprias mãos aparece delegado, policial, o caralho a quatro falando que ele é um criminoso de alta periculosidade...

 

Isso é o Brasil que eu moro?

Postado por vanessa.sc às 09:40:41
  | Encaminhar Este Post

Saudades

Outro dia eu estava conversando com uns amigos na net sobre alguns filmes, coisas, atitudes, enfim, sobre o universo anos 80. É incrível como hoje em dias as pessoas estão cada vez mais voltando ao passado para se ter alguma qualidade do que quer que seja.

 

Ta confesso que no quesito CINEMA a coisa fica um pouco complicada, pois eram filmes, que apesar de considerados cult hoje, venhamos e convenhamos a coisa não primava muito por qualidade de roteiro. Afinal de contas, o que de tão especial assim tem em um filme como “De volta para o futuro”, “Karatê Kid” ou tantos outros filmes que faziam a cabeça da rapaziada?

 

Mas o que me chamou a atenção, não foi nem os filmes (Por incrível que pareça) e sim as famosas séries de TV. Parei para pensar um minuto e séries como “As Panteras”, “Esquadrão Classe A” e até mesmo “Dallas” deixaram saudades para os mais saudosistas... Essa que vos escreve é uma delas.

 

Lembro que na Globo toda tarde, antes do “redutor de QI” chamado Malhação, de segunda a sexta passava séries que hoje ficaram somente no imaginário saudosista. Confesso que parava para assistir MckGyver, A dama de Ouro, As panteras e tantas outras com crianças como Super Vick (lembro que eu queria que meu pai fosse inventor para inventar uma irmã pra mim, rs). Mas não foram somente essas que faziam a minha cabeça, Chip’S também eu parava para ver, contava a história de dois policiais motoqueiros da Califórnia – acho que foi daí que eu comecei a gostar de motos, apesar do medo de pilotar uma.

 

Acho engraçado ficar falando dessas coisas em uma época de Smallville, Heroes e cia cheio de efeitos especiais, mas fala, por mais que eu adore essas séries, eu ainda gostaria que houvesse séries como Chip’S ou Kung Fu...

 

É isso aí.

Postado por vanessa.sc às 08:45:37
  | Encaminhar Este Post

Um desses amores de Cinema....

Mais uma vez o CCR - Cinema com Rapadura vem com um texto perfeito de tudo o que eu estou pensando em relação ao cinema e tudo o que ele me transmite!

Aí vai o texto! Quem escreveu foi o Diego Benevides!

 

"E quem não quer viver um amor daqueles de cinema? Um ao estilo de “Romeu e Julieta” ou de “E o Vento Levou…” Mas algumas vezes eles parecem tão perfeitos que acabamos achando que eles só existem na ficção e que não podemos nos dar ao luxo de desejar sentimentos assim.

As histórias de amor vêm embaladas naquele rótulo de que o casal passa por obstáculos para pôr em prova o que sentem um pelo outro e no final tem sempre um final feliz… uma coisa meio novela mexicana. Os finais felizes são adequados para alimentar o desejo da platéia de viver uma história como a que foi exposta na película, mas ao mesmo tempo os expectadores sabem que nem tudo é tão lindo como nos filmes. Daí vêm os finais trágicos, aqueles que nos emocionam, fazendo-nos identificar com os personagens e derramar lágrimas e lágrimas lamentando aquele amor tão lindo que acabou em uma separação ou na morte.

Quando filmes como “Titanic”, “Cidade dos Anjos”, “Um Amor para Recordar” e “Moulin Rouge – Amor em Vermelho” terminam de formas tão tristes, às vezes não entendemos porque acabamos gostando tanto deles. Talvez seja porque nos ensinam a dar mais valor ao amor e a usar a velha técnica do Carpe Diem e aproveitar todos os momentos com aquela pessoa que é especial para nós. E o cinema vai continuar trazendo muitas outras histórias de amores que vencem preconceitos como em “Dirty Dancing- Ritmo Quente” ou como aqueles que ultrapassam as barreiras da vida como em “Ghost – Do Outro Lado da Vida”. Quem não quer escrever o “Diário de uma Paixão” ou ter o seu “Shakespeare Apaixonado”?

Seja como for, o cinema vai sempre nos mostrar amores possíveis e impossíveis e fazer com que as pessoas continuem procurando seu Christian, sua Satine; seu Romeu, sua Julieta; e até quem sabe um Jack ou um Ennis, aqueles cowboys de Brokeback Mountain. O importante é saber aceitar os clichês do amor e entender que “A melhor coisa que você aprenderá é simplesmente amar e ser amado” (Moulin Rouge). Para quem já aprendeu, sinta-se realizado. Aos que não aprenderam, abram o coração sempre."

Postado por vanessa.sc às 07:44:13
  | Encaminhar Este Post

Bom, ruim, assim, assim - Pedro Bial

Quer saber de uma coisa? Tudo pode ser bom, ruim e principalmente assim assim
Tudo ao mesmo tempo ou não, e não necessariamente nessa ordem
Bom é chegar na praia à tardinha, anuncio de por de Sol, a água de ondas mansinhas
Jogar bola na espuma e sob o céu encaixa como se fora Tafaréu.

É bom também quando começa a chover E as gotas fazem cócegas na superfície do mar
Como se um cardume infinito prometesse matar a fome De todo o Vidigal, Rocinha, Cidade de Deus e Vigário Geral.

Ruim é lembrar daquele amigo que de prancha na mão Morreu de um beijo roubado de um raio, da lembrança a correria,
O medo... o medo... medo é bom, ruim é o medo de ter medo!

Bom voltar trocar chuva por chopp e passar atrás da pelada A bola vai pra fora e como na crônica de Rubem Braga sobra pra você
Que mata no peito faz embaixadinha e devolve redondo... num chute perfeito
Ruim é a fisgada na coxa sair mancando disfarçadamente...
A vergonha de ta decadente não é ruim, ruim é o orgulho que se nega a reconhecer a decadência.

É bom a cidade estranha em que você nunca esteve e sabe que nunca mais vai voltar
E nesse lugar você tem uma obrigação sem graça que cumpre com estilo e precisão
Traçando um dia perfeito no arco do tempo

Quando cai a noite é bom tomar um banho e sob o chuveiro é bom sentir saudade,
Ruim é não ter saudade, e como é bom sair sem direção pelas ruas da cidade
Pensando no que você fez da sua vida e no que a vida fez em você

Bom é sonhar, realizar não é tão bom, mas ruim mesmo é não realizar

O fim de um grande amor é muito, muito ruim, um grande amor não tem fim!
Bom é amar, ruim é amar... Bom é encarar a vida com fantasia.
Quando um poeta desaparece é bom colocar chapéu de Bogar que tudo pode solucionar...
Ruim é encontrar o precipício, morrer não deve ser tão ruim assim...
E pode ser bom falar sobre bom e ruim, e pode ser pior assim assim ... bom!

Texto do Cd-Livro Filtro Solar, declamado por Pedro Bial, acho que é como eu ando me sentindo esses tempos estranhos, em que  coisas estão estranhas acontecendo, páscoa, tempo de renovação, rezo e peço à Jesus que guie minha vida da melhor maneira que ele achar, pois eu hoje entrego minha vida para ele com toda fé que eu tenho. 

Feliz Páscoa a todos vocês e que a fé de uma vida melhor e de renovação acalentem seus corações!

Postado por vanessa.sc às 11:35:58
  | Encaminhar Este Post

...

Está acontecendo novamente, aquela velha sensação horrível que nos faz perder o sono em uma noite perfeita para se estar embaixo do cobertor dormindo ao som do barulho da chuva.

 

Eu não tenho mais jeito, fui tão magoada que simplesmente hoje em dia não tenho mais a mínima paciência para aquilo que chamam amor, como diz o Lulu Santos.

 

Está tudo errado, eu estou errada, minha vida está errada, sinceramente não foi assim que eu imaginei meus trinta anos. No mínimo eu imaginava a minha casa, com meu marido e pelo menos um filho já... Meu relógio biológico está passando e eu não vejo saída para isso!

 

Sinto-me velha, sem perspectiva nenhuma para aquilo que eu um dia sonho pra mim, na minha idade a minha mãe já me tinha e estava com a vida ganha e eu ainda lutando para receber a porcaria da carteira da OAB, se eu pudesse voltar no tempo jamais teria entrado numa faculdade de direito, mesmo sendo esse meu sonho de toda uma vida, teria escolhido jornalismo ou até mesmo psicologia como meus amigos costumam falar!

 

A vontade que eu tenho agora é de largar tudo ir embora, sair pelo mundo, eu demorei pra ver o tal filme Elizabethtown com o Orlando Bloom (Légolas de Senhor dos Anéis) e em um determinado momento da vida dele, ele sai, vai fazer uma viagem de carro só ele, Deus e as cinzas do pai dele, e por onde ele passava deixava um pouco para que o pai pudesse se sentir livre.... E sabe? Senti inveja pela primeira vez na minha vida de uma pessoa (mesmo sendo essa pessoa personagem)...Era isso que eu tinha vontade de fazer, largar tudo de mão, esquecer da pressão, e fazer minha própria historia. As pessoas esperam muito de mim e isso pra mim é horrível é um peso que eu sempre tive que carregar sem nem ao menos me perguntarem se eu tinha condições.

 

Eu sou uma pessoa normal que detesta ser pressionada de qualquer forma. Ao contrario do que as pessoas pensam eu não sou especial, nem quero ser especial, quero ser bem normal ate. As pessoas especiais sofrem muito, e eu não quero sofrer, já estou cansada de sofrer pelo que quer que seja. Promessas feitas e quebradas mais tarde, me sentir usada de alguma forma, ser vista como um premio de consolação? Poxa, eu não sou assim, não quero ser assim, então pq me vêem assim? É pedir muito encontrar alguém que simplesmente me veja como uma pessoa que tem medo?

Postado por vanessa.sc às 22:37:58
  | Encaminhar Este Post

Magia de Harry Potter

Estava na casa do meu tio e fui dar uma olhada em uma revista Época antiga que eu vi por la, afinal eu não estava fazendo nada demais, então fui ler.

 

Nela havia uma matéria falando sobre o 7 e último livro de Harry Potter, que no site Amazon é o campeão de encomendas. Na matéria estava falando de todas as etapas do bruxinho até aqui, das apostas que os ingleses estão fazendo para saber quem morre ou quem fica vivo (eu aposto no Neville, mas isso não é o assunto do post) e tudo mais.

 

Foi quando eu parei pra pensar mais sobre o assunto, gente é incrível como o mundo Harry Potter encanta muita gente pelo mundo afora, ao ponto de ter dado a sua criadora JK Rowling uma faixa de 1 bilhão de dólares e ao seu protagonista Daniel Readcliff o ator mais bem pago antes dos 20 anos, Daniel tem agora 17/18 anos.

 

Eu mesma fui uma das infectadas, confesso que quanto aos livros, eu li somente os dois últimos, e claro o 7 quando sair, mas a curiosidade bateu justamente com a volta do vilão mais temido da atualizadade, acho que Voldemort só perde mesmo para o eterno Darth Vader.

 

Bom, mas o que tem Harry Potter de tão especial assim para encantar tanta gente, além do fato de viver num mundo onde 10 entre 11 pessoas gostariam de viver? Eu sinceramente fico pensando, não sei se eu gostaria de estar na pele do bruxinho, ter que carregar uma maldição nas costas é um fardo pesado demais para um adolescente de apenas 16 anos (contando que o personagem ainda não fez 17) e ter tido a família morta. Mas o que encanta em Harry Potter é justamente o contrário, Harry teria de tudo para ser  um discípulo de Voldemort, mas não, acho que o fato de Voldemort ter medo dele é o que faz as pessoas pensarem.

 

Estou figindo de novo do que eu gostaria de falar, o poder comercial do bruxinho. Pesquisando pela Internet existem VÁRIAS coisas do mundo bruxo a venda, o vira – tempo, que a personagem Hermione usou em HP – Prisioneiro de Azkaban é um exemplo em forma de colar, os uniformes são outro exemplo...

 

Parabéns para JK Rowling e pela criatividade que ela tem... Acho que não estamos aqui, eu pelo menos não vejo motivo para que famílias tenham medo do que acontece nas historias, ou se ela é ou não devota a magia negra (se é que isso existe mesmo), o que estou tentando entender, é, como um adolescente que só tem desgraça na vida dele faz tanto sucesso assim com crianças, adolescentes e adultos? Eu fui uma contagiada e sei que HP vai deixar um buraco enorme quando sair o 7 livro. Foi assim quando li Nárnia que durante um mês inteiro eu vivia em função dos irmãos Pevencie e Aslan foi assim com Orgulho e Preconceito que eu voltei no tempo e vivi durante duas semanas na Inglaterra do séc. XVIII e assim com tantos outros livros que eu já l

Postado por vanessa.sc às 14:00:02
  | Encaminhar Este Post

..::O Amor retratado por Rolling em Harry Potter::..

Sei que existem controvérsias sobre o assunto, mas para escrever esta coluna parti do pressuposto que “o poder que o lorde das trevas desconhece” seja o amor. Porque, com tantos feitiços maravilhosos, poderes e objetos mágicos, o amor seria a única e melhor arma contra Lorde Voldemort? O que o amor propicia a um ser humano que possa diferenciá-lo em relação ao bruxo mais poderoso de todos os tempos? E claro, porque Harry Potter tem esse poder de sobra sendo o escolhido para isso?
Foram muitas perguntas que me fiz sempre que Dumbledore falava sobre esse estranho poder que o amor tem. Rowling não deixa ponto sem nó, como já observamos ao longo dos 6 livros já lançados. Às vezes uma personagem que tem uma pequena aparição num livro, faz parte da trama central de outro. Pequenos detalhes são revistos em outros livros. E, existem alguns temas que Rowling fala sempre, como o preconceito, o amor, as escolhas. São elementos que permeiam todos os livros de Rowling.
As dúvidas são muitas, porém podemos afirmar dois pontos: Harry Potter foi amado por seus pais, que lutaram até a morte para protegê-lo, e Voldemort, por outro lado, nunca soube o que era o amor (confirmado pela autora em uma de suas inúmeras entrevistas). Não foi amado por sua mãe, que mesmo sendo bruxa definhou e decidiu morrer, quando tinha a escolha de viver por seu único filho. Foi criado em um orfanato, sem ser amado por ninguém. Ele foi admirado e temido por seus súditos, os comensais da morte. Mas amado? Será que,mesmo no atual momento da série, que ele tem inúmeros comensais à sua volta, obedecendo suas ordens ele é amado?
Na ocasião de sua queda, a maioria fugiu assustado, inventou que tinha sido dominado pela Maldição Império. Grande parte dos comensais só está ao lado de Voldemort por interesse ou medo, como é o caso de Rabicho. Somente 4 bruxos não fugiram, e tentaram achar Lorde Voldemort: Bellatrix e seu marido Rodolphus Lestrange, o irmão desse Rabastan e Bartô Crouch Jr. (que recebeu o beijo do dementador, estando portanto, vivo, mas sem a alma no livro 4). Esses ficaram presos em Azkaban por ter usado a Maldição Cruciatus nos pais de Neville até eles enlouquecerem. Será que essas 4 pessoas amam (ou amaram) Voldemort? Eu acredito que não, pela própria personalidade dos mesmos. São todos orgulhosos de seu sangue puro, entranhados até os cabelos em arte das trevas. Têm e isso é certo, respeito ao bruxo, por esse ser considerado o mais poderoso da época. Mas amor, não é isso. Amor é uma coisa muito mais ampla e profunda, do que simplesmente respeito.
Amor é, uma das palavras mais difíceis de se traduzir, talvez ao lado da palavra saudade. Afinal, o que é o amor? O que significa? (...)

 

Para ler a Coluna completa clique no link ---> Hogsmeade

Postado por vanessa.sc às 21:56:14
  | Encaminhar Este Post

::..Verdadeira Batalha das Termopilas..::

Leônidas I – 491 a.C a 480 a.C

 

Rei espartano que ocupou o trono sendo sucessor de seu irmão Cleônidas. Comum na Grécia antiga acabou casando com sua sobrinha.

 

Sua batalha mais famosa foi uma defesa do desfiladeiro das Termópilas com uma tropa de 7 mil homens sendo apenas 300 espartanos – conhecidos como os melhores guerreiros da Grécia antiga – conseguiram repelir os ataques iniciais.

 

Traídos por Elfialtes, os espartanos se viram cercados pelas tropas de Xerxes, diante disso, os espartanos resolveram resistir até as mortes. Na ocasião, os soldados espartanos – a maioria da sua própria guarda pessoal – derrotaram 20 mil Persas.

 

O motivo de haver tão poucos espartanos, era que na Grécia estava havendo a Carneia – festa em homenagem ao Deus Apolo onde era proibido lutar.

 

Tais Guerras contra os Persas ficaram conhecidas como as Guerras Médicas.

 

Xerxes foi o imperador persa indicado por seu pai Dário I. Após sair vitorioso na Batalha das Termópilas invadiu. Athenas onde saqueou os templos da Acrópole sendo derrotado em Salamina em conseqüência dos erros táticos que cometeu. Após tal derrota se dedicou a embelezar Persépolis (capital do Império Persa), onde mais tarde morreria assassinado

Postado por vanessa.sc às 19:25:48
  | Encaminhar Este Post

Humor Atual

Meu Perfil

Links

. Blog do Uol
. Letras de Musica
. Martha Falcão
. Omelete
. Cinema com Rapadura
. Cinemais
. Cinemark
. UFAM


Nome: Vanessa Carvalho

Nascimento: 28 de Janeiro

Signo: Aquário

Cidade: Manaus/Amazonas

Twitter: @Nessasc

Twitter²: @Filmes_Livros

Profissão:

Férias vitalícias. Terminei de escrever um livro chamado "Anos Incríveis" e pelo que parece vai sair mais cedo do que eu pensava, só falta eu deixar de ter preguiça e começar a passar para o computador.




Frase: "Can you put a price on your dreams?"


Gosto:

Eu gosto de estar com as pessoas que gostam de mim, gosto dos meus amigos, são poucos, mas eles são importantes pra mim. Estou apaixonada, muito, e estou muito feliz.Sou desconfiada, ciumenta (apesar de conseguir esconder até que bem isso das pessoas), seletiva nas minhas coisas, não perdoo fácil as pessoas quando me ofendem ou alguém que eu amo, tenho pouca paciência, não posso negar e sou bastante racional, dificilmente me deixo ser levada pelas minhas emoções. Mas sou muito chorona, choro em desenho animado, novela mexicana (FATO), quando estou triste, e também quando estou feliz. Choro em livros (Calafrio foi o último que eu chorei) e adoro escrever.



Odeio:

Injustiça e mentira, acho que essas duas palavras resume bastante como eu sou no cotidiano.




Filme:

Um filme que resume bem meu gosto por tudo na vida é Orgulho e Preconceito... Sim o sarcasmo, pra mim, mostra muito do sentimento não dito entre duas pessoas. Mas eu gosto também de filmes antigos como "Casablanca" e "Bonequinha de Luxo" (Ainda está para nascer alguém como a Audrey linda Hepburn. Gosto de filmes de ação, romance, drama, desenhos. Ainda estou em dúvida em relação às comédias românticas. Acho que elas deixaram o brilhantismo de Meg Ryan e Tom hanks nos anos 80/90, não inovam mais e sempre é aquela mesma coisa chata. Harry e Sally adoro o final do filme. Filmes do momento como a série Harry Potter (Sim, eu gosto), Saga Crepúsculo eu assisto por ter lido os livros, confesso, não espero muita coisa deles, mas são legais, filmes dos anos 80? Clube dos Cinco, Primeiro ano do resto de nossas vidas, Curtindo a vida adoidado, Goonies, Gremlins, e por aí vai...



Música:

Trilhas Sonoras de filmes, eu sou particularmente fã. Mas gosto do "The Fray", do "David Cook" (Ganhador do American idol de 2008), "Bon Jovi" (Always), Ana Carolina, Jota Quest, Skank, Emmerson Nogueira (Todos Mineiros - Adoro o sotaque mineiro), Lulu Santos (Ainda a trilha sonora da minha vida, não tem jeito), e claro, coisas que eu trago ainda da minha adolescência como Backstreet Boys. Músicas dos anos 80, do rock nacional sempre me animam.



Livros Lidos:

Crepúsculo (Saga Completa); Orgulho e Preconceito; As areias do tempo; Saga Millennium, O Clube do Filme, Anjos e Demônios, Calafrio, Feios, A menina que roubava livros, Dançando no ar, Wake.



Livros para Ler:

Fallen, Swoon, Símbolo Perdido, Coração Ferido, A Guardiã da Meia-Noite, Para Sempre, Lua Azul, O legado da Caça-Vampiros, A Princesa e o Gelo, e mais alguns que eu não lembro.



Lendo: Um beijo do destino.








:: Vanessa's Link::





Arquivo

01/11/2010 a 30/11/2010
01/10/2010 a 31/10/2010
01/09/2010 a 30/09/2010
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/04/2010 a 30/04/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005

Votação

[Avalie Este Blog]

Indique Este Blog

[Clique Para Indicar]

Visitas

Créditos

[ Layout ]
VICKYS.com.br
VICKYS.com.br

[ Powered by ]

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular