..::Saudosismo Oitentista::..

No “Papo de Cinema” dessa semana, eu vou falar diretamente com a geração anos 80 (caso alguém dela entre no meu blog). Ontem eu fui assistir a Transformers, confesso que no início eu fiquei com o pé atrás e fui somente porque já havia assistido a todos os filmes que estão em exibição aqui em Manaus. E preparem-se, talvez não seja somente Transformer a receber um "Live Action" na terra do cinema!

Começa que eu não pude comer pipoca, então pra mim não foi de muito valor o filme só pelo fato de eu não ter comido pipoca. E depois que a gripe tem me deixado meio mole e eu só sai ontem porque eu detesto mais ficar em casa do que uma sessão de cinema sem pipoca.

 

Começa o filme e eu comecei a pensar: “mas quando é que vai aparecer o Megratron e o Optimus?” E nada, somente na metade do filme foi que o Optimus apareceu... LINDO, e todos os Autobots. Mas o primeiro a aparecer foi um Decepticon – que eu sinceramente não lembro que ele aparece no desenho. O roteiro foi bem escrito, até para quem não assistia aos desenhos, consegue entender perfeitamente o que o filme está contando. E SAM, um humano, rouba a cena por ser atrapalhado e completamente “nerd” – e super engraçado.

A trilha sonora é primorosa e as cenas de ação são fantásticas, o problema é que eu esperava muito mais para o reencontro de Megatron e Optimus, mas fora isso, o filme é saudosista e bastante atual. Vocês imaginam (claro aos 80tistas) escutar o Optimus falando que aprendeu a língua humana na internet? O filme é super engraçado, hilário mesmo em algumas cenas, e claro, é sempre bom ver um Camaro Amarelo, um Porshe, um F14 e tantos outros automóveis e aviões mudando de forma. Só o barulho do motor V8 assusta dos carros rs

 

Prestem atenção na dublagem do Megatron, a voz dele é do Hugo Wearvin (Pai da Arwen de Senhor dos Anéis e V de V de Vingança).

Um filme que vale MUITO a pena ver e rever e rever. As perseguições de carros e a cena de ação final são as mais perfeitas que eu já vi no cinema, pelo menos esse ano.

Postado por vanessa.sc às 12:07:50
  | Encaminhar Este Post

..::Explicação::..

Bom dia gente, como estão? Bom, eu vim aqui avisar para vocês que esta semana eu não atualizei o blog por um motivo peculiar... Estou gripada! Assim que eu melhorar virei aqui para atualizar melhor o blog ok? Enquanto isso, tem algum filme do qual vocês queiram que eu comente? Se tiver é só deixar um comentário, não dói nada e deixará um blogueira MUITO feliz viu?!

Ah vocês estão vendo o PAN? E o que estão achando? O Brasil ganhou ouro no futebol feminino... E o Vôlei? BVocês também estão achando o time "robótico" demais? Pois é gente!

Bom é isso, espero melhorar logo para poder ver Transformers e falar o que eu achei.

Beijos Estrelados ^^

Postado por vanessa.sc às 06:53:47
  | Encaminhar Este Post

..::Papo de Cinema::..

Filme da Vez: Ratatouille

 O velho ditado “não julgue o livro pela capa” bateu ontem em mim como uma batedeira bate a massa do bolo. Fui ver ontem o desenho animado da Pixar (Procurando Nemo, Monstros S.A, Toy Story) Ratatouille e simplesmente ADOREI. Tem as doses certas de emoção: super engraçado e emocionante. O personagem principal, ou pelo menos um dos, é Remy, um ratinho de esgoto, cansado da “vida de rato” de roubar comida ou então comer somente os restos dos lixos das casas, se vê perdido em Paris num famoso restaurante onde o lema do dono era “todos podem cozinhar”. Porém, Linguini, um desajeitado ajudante de cozinha parece que não havia lido esta pequena regra. Então juntos, Remy e Linguini, partem para aquela que será a maior aventura culinária de todos os tempos. Com personagens carismáticos como o chefe de cozinha e dono do restaurante Auguste Gousteu, e a “estressada”, mas nem tanto assim, Collete – par romântico de Linguini o filme se torna um bom divertimento para pais, que ainda cultivam a sua parte infantil, e filhos.

 

Linguini e Remy ainda têm que enfrentar um crítico (Bem crítico – desculpando a redundância) Anton Ego que em sua última crítica retirou uma estrela do renomado restaurante. E a tarefa dos dois é criar um prato em que realmente Anton se surpreenda.

 

Como de praxe nos desenhos da Pixar, o curta-metragem de animação é super engraçado, onde um ET, isso mesmo, ET está começando a aprender a “dirigir” a nave espacial, e a parece que a atividade do dia era abduzir um terráqueo – que parece muito com o Linguini, mas isso deixa quieto, é somente uma opinião da minha parte.

 

É o tipo de desenho que vale realmente a pena assistir mais de uma vez, e eu confesso que nunca mais havia saído do cinema com dor de barriga de tanto rir como foi com o Remy e seus amigos.

 

É isso aí, até a segunda que vem.

 

Postado por vanessa.sc às 12:24:11
  | Encaminhar Este Post

 Pra todos vocês!

Postado por vanessa.sc às 12:05:31
  | Encaminhar Este Post

..::Sessão de Cinema::..

Sinceramente eu ainda não estou acreditando que eu esperei esse tempo todo para ver essa coisa que está no lugar de um filme e que se chama Harry Potter. Não gente o que foi aquilo lá?

Ta o filme de todo não foi ruim... ATENÇÃO AOS QUE AINDA NÃO VIRAM POR FAVOR, NÃO PROSSIGA!

 

Bom, vamos ver as coisas que eu realmente gostei do filme, e que somente por isso me farão ver de novo:

1) Luna, quando eu vi a atriz escolhida já sabia que ela tinha uma baita responsabilidade, pois ela pode ser doidinha, mas tenho certeza que é a personagem que todo mundo (pelo menos aos que leram o livro) gosta... “Você é tão normal quanto eu” – ainda rindo dessa frase!

2) Umbridge. Não tem como ficar indiferente a essa mulher, da raiva até dos quadros de gatinhos na sala dela. Hunf (ainda revoltada)

3) Aulas de Oclumência – Não pelas aulas em si, mas sim por ver que o Alan Hickman teve mais que meras 4 frases no filme todo.

4) Sirius; Moody; Lupin – Os três são meus personagens prediletos sem contar que ver Gary Oldman sempre é bom ^^;

5) Relação do Harry com o Sirius – Lindo, é a única coisa que eu posso falar!

 

Agora o resto não prestou!

a) Não vamos combinar primeiro dos filmes do Harry em que o Rony e a Mione quase não aparecem o que é isso? Eu senti muita falta deles no filme, eles apareceram em quase todas as cenas, mas sei lá, ficou faltando mais da participação deles. Quase não mostrou o motivo pelo qual o Dumbie não estava nem sequer olhando para o Harry e quando apareceu, não explicou o motivo pelo qual Harry gritou com o querido diretor.

b) ONDE ESTÁ O QUADRIBOL? A melhor parte do livro, que é quando o Harry dá uma porrada no Draco, eles podiam muito bem ter colocado a porrada quando eles estavam chegando em Hogwarts não? Já haviam mudado mesmo tudo do livro!

c) O natal na casa dos Black onde o Sirius dá um espelho para o Harry, onde ele foi parar?

d) Os Gêmeos transformando os corredores de Hogwarts em pântano, onde foi parar?

e) O Dobby ONDE ELE FOI PARAR? Não colocar o Neville para fazer no filme tudo o que o Dobby faz no livro, ainda não me convenceu.

f) A Minerva gente, e a revolta dela contra a Umbridge, onde foi parar? Ela brigando em favor do Harry para que ele virasse Auror depois dos Nom’s, onde foi parar?

g) A Tonks, ela deveria ter aparecido mais, O lupin deveria ter aparecido mais...

h) SIRIUS E BELATRIZX e a sua briga, ONDE FOI PARAR? Porra todo mundo sabe que foi a Belatrix quem matou o Sirius (se é que ele morreu de verdade, algo naquele véu me deixa cabreira), mas o Avada Kedabra que ela deu no Sirius NITIDAMENTE pegou no ombro e assim, no filme pareceu que ele apenas tropeçou a caiu na bruma e não que havia sido ela entendem?

i) NÃO! O monstro, que é um dos có – responsáveis pela morte do Sirius não apareceu...

j) A Própria Ordem da Fênix simplesmente não apareceu, ela só apareceu em uma foto simplesmente.

l) O Hospital onde estão os pais do Neville não apareceu, e que foi exatamente lá que o Sr. Wieslay (nunca aprendi a escrever o nome dele) foi se tratar.

 

Sinceramente... Esperei tanto por isso! O maior livro do Harry atá agora e foi o filme mais curto, faltou MUITA informação.

Quero ver como será o sexto.

Postado por vanessa.sc às 17:15:32
  | Encaminhar Este Post

..::O Tempo e o Amor::..

Aos que me conhecem, REALMENTE me conhecem, sabem do meu momento “orgulho e preconceito” e que por isso, eu vivo pesquisando coisas tanto do filme como da Autora Jane Austen (pasmem, ela morreu apenas 4 anos após Orgulho e Preconceito e... Virgem) que eu não canso de falar que é a escritora que mais conhece o comportamento humano dos últimos 200 anos.

 

Todos vocês já sabem disso, mas lendo uma crítica da Folha On Line – João Pereira Coutinho - fiquei pasma como é mais ou menos por aí mesmo.

Ale afirma que a obra não é uma obra de “amor à primeira vista” e sim de ódio a primeira vista (e eu acho que é exatamente por isso que eu gosto tanto da obra, afinal de contas os grandes romances nasceram sempre de más impressões). Quando Lizzie conhece Darcy, ela fica indignada com a soberba... Não, com o preconceito mesmo, de Darcy contra a sua situação social e de como isso feriu o orgulho de Elizabeth (nem preciso falar que o nome da minha filha será este não? Claro quando eu tiver uma).

 

E quem for esperando uma historinha boba de amor, irá deixar de perceber coisas muito mais importantes, claro não estou falando aqui que a história dos dois não é importante, pelo contrário gente, esse filme eu assisto quase todo dia, seja em DVD ou no meu iPod. Não existem outras coisas para se pensar, como nas “regras da sociedade” de que as mulheres tinham que passar em se casando com pessoas das quais elas não gostavam, ou para manter a situação financeira da família, ou mesmo para salvá-la.

 

Sim, o amor... A maioria de vocês ao assistir o filme com certeza falou (ou falarão aos que ainda não viram) que filme mais chato, monótono. Mas sabem por quê? Porque para que nós saibamos que realmente É AMOR, precisamos de tempo, como ele mesmo descreve no seu artigo (não, não se preocupem que eu colocarei como sempre o Link do artigo) Jane Austen acertou. Duplamente. Como literatura e como aviso. O amor não sobrevive aos ritmos da nossa modernidade. O amor exige tempo e conhecimento. E é o que eu vivo falando para os meus amigos; quer dizer, para você realmente AMAR de verdade uma pessoa, você precisa de tempo, não é numa noite, com um beijo ou uma transa que você pode abrir a boca e falar que ama essa pessoa. E quando eu digo tempo, eu não falo, um ou dois anos não, estamos falando de ANOS mesmo.

Coisa que infelizmente nos dia de hoje, as pessoas não têm mais vontade de perder!

 

Ps: Para ler o artigo do João, é só clicar no Folha On Line

 

Postado por vanessa.sc às 09:29:41
  | Encaminhar Este Post

..::Footlose again?::..

Oi gente, tudo bom?

Bom eu não sei vocês, mas já imaginaram o filme Footlose com um remake? E ainda por cima com o astro Teen Zac Eprom? Aquele de High School Musical? POis é, pois se não imaginaram, é melhor ir começando a imaginar, pois parece que é isso mesmo que vai acontecer.

Para os que não sabem do que eu estou falando, footlose é um filme de 1984 que deu fama ao então novinho Kevin Bacon (O Homem sem Sombra, Sobre Meninos e Lobos, etc) em que o personagem dele viajava com a mãe para uma cidade do interior dos Estados Unidos em que era proibida qualquer tipo de música. Vindo da cidade grande, ele não se acostumou em nada com essa regra da cidade.

Um músical estilo anos 80 dentre tantos outros por aí, mas que ainda hoje a música tema ainda embala muita festa temática nos anos 80 pelo Brasil afora...

Agora 80tistas de plantão, o que vocês acham dessa novidade? Tudo bem, eu confesso que gosto do filme teen High School Musical do Disney Channel, mas daí dar para ele interpretar um papel que foi de Kevin bacon? Eu acho demais, e essas coisas nunca dão certo, esse remake nunca será como o original, eu sei que é um filme com o tema bem bobo, mas, com o Kevin dá a impressão que não é assim tão bobo... Mas com esse garoto? Eu não sei...

Materia do Cinema com Rapadura

"

A onda de refilmagens segue a todo vapor. Agora, chegou a vez do cultuado musical de 1984, “Footloose – Ritmo Louco” – aquele que marcou pela animada música de mesmo nome, interpretada por Kenny Loggins – ter um remake nos planos da Paramount Pictures.

Vale lembrar, “Footloose” foi o filme que fez explodir a carreira de Kevin Bacon (“Sobre Meninos e Lobos”), que vivia o rebelde Ren McCormack. Para a nova versão, a escolha para o papel não poderia ter sido mais estratégica: Zac Efron, do musical pop “High School Musical”, atual ídolo adolescente. Efron poderá ser visto esse ano ainda no musical “Hairspray”, estrelado por John Travolta (“A Outra Face”), com previsão de estréia nos EUA para o dia 20 deste mês.

A direção e coreografia ficará a cargo de Kenny Ortega, responsável por “High School Musical”. A essência do filme original deverá ser mantida, porém, a idéia do estúdio é realizar um filme mais musical do que o de 1984.

Na trama do original, Ren MacCormick é um rapaz revoltado da cidade grande que se muda com sua mãe para uma cidade pequena do interior. Na cidade, o reverendo Shaw Moore, traumatizado após o acidente que mata seu filho, alega a culpa à música, à dança e às bebidas. Por dizer que a dança é o único meio de expressão verdadeira, Ren vai a justiça lutar pelos direitos da música, da dança e dos jovens “injustiçados”."
 
Tudo bem, eu acho que ainda dá pra aguentar, mas no dia em que eu ler a notícia "Remake de Cantando na Chuva" eu aposento minha carteirinha de Cinéfila!

 

Postado por vanessa.sc às 18:30:51
  | Encaminhar Este Post

..::Geração Prozac - Não é o filme não::..

Interessante como são as pessoas. Eu estava em uma sala de bate papo (não irei explicar aqui o que é, pois somente a explicação levaria um post inteiro) e eu solto que estava (e confesso que estou ainda) me sentindo um pouco mal. Um usuário, que até então estava conversando com outra pessoa, vira e fala: gostaria de conversar? Dando a entender que meu problema seria psicológico ou sentimental.

Isso me fez parar para pensar nisso, quer dizer, TODOS os problemas das pessoas hoje estão relacionados com algum tipo de relacionamento? E os reais, digo, do mundo real? Pessoas morrendo de fome, sem saúde ou algo do gênero, não são problemas não é? Eu estou sim com um problema em casa de saúde, mas eu acho que não preciso ficar falando para uma pessoa que eu não conheço do que se trata, aliás, eu mal falo com quem eu conheço quanto mais com quem não conheço.

Bom, mas o fato é que hoje em dia as pessoas reclamam por nada. Elas vivem falando “minha vida está uma merda” ou então “ah, fulano teve sorte na vida...” e elas não fazem nada para mudar a situação atual. Sinceramente, eu não entendo.

Tudo bem que eu não disse aqui que para se conseguir as coisas, não seria necessário trabalho, claro que precisa. Uma amiga minha falou: acho que eu vou fazer um tratamento ortomolecular (em outras palavras, um tratamento LOUCO demais para a minha cabeça) pois estou precisando emagrecer 10 kg.

Ta tudo bem quer emagrecer? Então fecha a boca e começa a fazer exercício, esse tratamento até que pode vir a funcionar algum dia, mas eu ainda não acredito, os próprios médicos falam que isso é arriscado. Meu pai sempre fala: o único lugar que o sucesso bem antes do trabalho é no dicionário; e é verdade mesmo.

Do que adianta você ficar reclamando que a sua vida não está legal se você não faz nada para mudar isso? Você acha que está sozinho? Sai vai passear, vai dar uma volta, chama os amigos para sair, eu garanto que sozinho completamente você nunca estará se este SER HUMANO existir em sua vida, e eu não estou falando de um time de futebol como amigos não, as vezes somente UM único amigo já ajuda e muito, como diz no filme “Em busca da Felicidade” – nenhum homem é fracassado se tem amigos. E é isso mesmo, eles te apóiam até quando você está errado.

Eu vi um filme com a Christina Ricci – Geração Prozac (MUITO BOM) que fala mais ou menos isso. Conta a história da escritora do livro homônimo e de como ela teve que reavaliar toda a sua vida. Ela é um exemplo do que realmente eu estou falando: viciada em remédios para depressão, quando não estava sob o efeito do remédio sentia que queria morrer, ela até cita no livro, o filme citado acima, e de como seria mais fácil para todo mundo que as soluções dos problemas aparecessem num passe de mágica. É, mas no MUNDO REAL, mágica não existe, até que eu acharia legal que houvesse realmente um “beco diagonal” com coisas fantásticas para que pudéssemos recorrer a elas quando nos encontrássemos com problemas.

A única mágica que eu conheço, é trabalho. Nada do que realmente vale a pena é fácil, nunca é, mas garanto que ficar em casa tendo pena de si mesmo também não adianta. Ou você põe a cara à tapa e vai atrás mesmo daquilo que você mais quer, ou então nem tenta, pois você já é um perdedor. Ta confesso, que essa fase de casulo, todo mundo necessita passar, até mesmo para poder se fortalecer, mas permanecer nela o resto da vida, não dá.

Luta gente, trabalho mesmo, suar a camisa mesmo, somente assim que as coisas que realmente valem a pena chegarão às nossas mãos.

Postado por vanessa.sc às 22:00:35
  | Encaminhar Este Post

..:: Filme sobre Jane Austen::..

Bom dia pessoal.

 

Hoje eu começarei falando aquilo que eu não gosto… Pouco, cinema, rs.

Navegando pela Net eu encontrei uma ótima surpresa para aqueles que gostam de literatura e cinema, bom assim espero.

Anne Hathaway (Lê-se Mia Thermopolis – aquela princesinha) acabou de filmar um filme sobre a vida da Jane Austen (Orgulho e Preconceito - última versão do filme em 2005 - , Emma, Razão e Sensibilidade, Persuasão, enfim grandes clássicos da literatura mundial) onde ela faz o papel Título. Fiquei muito feliz de ver que há um filme sobre essa, que em minha opinião, conseguiu como ninguém expressar em palavras o significado da palavra amor. O filme conta ainda com James McAvoy (Mr. Tumnus de Nárnia ou ainda o médico que trabalhou em O Ultimo rei da Escócia, ou ainda Machbet – Sheaskespeare Por favor, se eu escrevi errado, o que provavelmente isso aconteceu, deixem comentários de como é o nome certo da peça Ok? Desde já peço desculpas ) e Meggie “Minerva McGonagal” Smith.

 

Acho que tirando a Anne todos os outros atores são britânicos. Tudo bem, eu sou fã dessa menina lindinha, meiguinha e que realmente tem talento, mas... Eu acho que para fazer a Jane precisaríamos de uma atriz britânica, e olha eu tenho certeza que não seria por falta de talento, pois é notório dos atores britânicos o talento, já que a maioria vem do teatro. Eu não sei, mas para a Jane, que passou quase toda a vida dela no interior de uma Inglaterra do século XIX, falando aquele Inglês arcaico... Precisariamos de uma atriz assim, tudo bem, um fonoaudiólogo ajuda muito nessa hora, mas... Bom é esperar para ver, espero que esse filme não demore muito a estrear.

 

Ah o nome do filme? Becoming Jane (Lindo não?)

 

PS: Já sabem para saber mais sobre os atores é só clicar nos nomes deles, e não esqueçam, estão em Inglês. Jane Austem e Orgulho e Preconceito estão em portugês.

 

See ya!

Postado por vanessa.sc às 08:50:22
  | Encaminhar Este Post

..:: Especial Homem de 30::..

 Gente, eu achei na internet uma matéria muito legal e divertida sobre os homens na casa dos 30 muito bacana. Para quem tiver o saco de ler, vai notar que as coisas não são tão diferentes pra eles.

" Como é um homem de 30 nos dias de hoje? Já não tem mais a mesma vitalidade de um garoto de 20, mas também não tem a mesma experiência de um de 40, tanto física como psicológica. A dezena dos trinta para os homens parece uma segunda adolescência, já que é mais uma fase de transição, ou seja, não se é jovem demais mas também a maturidade não chegou por completo.

A casa dos 30 também é a principal fase no amadurecimento profissional e de mais energia no trabalho para nós homens. É nela que nos sentimos mais capacitados para os negócios, já que é nessa fase que nossa experiência se alia à vontade de vencer. Porém é também nessa fase que os efeitos do tempo começam a dar seus primeiros sinais; os primeiros fios de cabelos alvos projetam o que poderá se tornar uma vasta cabeleira branca. Ou o que é ainda pior do que os cabelos brancos: queda de cabelos..."

Para continuar lendo a matéria clique aqui vale a pena, e rapazes, me falem, não é exatamente isso que vocês sentem quando chegam na casa dos 30?

Fonte: Uol

Postado por vanessa.sc às 10:51:20
  | Encaminhar Este Post

..::Sessão de Cinema::..

Sessão de Cinema!

 

Faz um bom tempo que eu não paro para falar de cinema com vocês, não é? Então vamos lá.

 

Primeiro lógico é para falar de o Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado. Bom, pra quem é ou não fã das histórias do grupo, o filme é sensacional. Ta, não chega a ser tudo isso, mas bem melhor que o primeiro e muito mais divertido, ah isso ele é sim. E uma ótima oportunidade para nós meras mulheres mortais “lavar a vista” com o Dr. Fantástico (para aquelas que curtem um cara mais maduro e sério – britânico ^^) ou então o Johnny Storm (para as menininhas empolgadas com um playboy “bad boy”) se é que me entendem.

 

O Filme conta com uma hiper participação mais que especial do Surfista Prateado, que para quem não é assim tão fã do Quarteto (que não é aquele de Liverpool), no futuro, quando o Richard e a Susan não estiverem mais no grupo, fará parte do mesmo, com a voz de nada mais nada menos que Laurence “Morpheus” Fishburne (caso seja assim que se escreva o nome da criatura). Vale mais que a pena conferir nos cinemas.

 

Ps: para pode ver os perfis dos atores, é só clicar nos links, ok?

Postado por vanessa.sc às 10:20:48
  | Encaminhar Este Post

Postado por vanessa.sc às 09:36:41
  | Encaminhar Este Post

 Durmam bem gente...

PS: sabe aqueles dias em que você gostaria que o seu telefone tocasse? Pois é, essa sexta é um daqueles dias... Estranhamente pensando em quem não devo...

Ah... Post feito ao som de Nando Reis - Espatódea (simplesmente linda). Cuidado gente, ela é viciante. Dia 16 começa mais um cursinho, dessa vez, resolução de questões... Aiai, essa OAB que está acabando com a minha saúde emocional... Uma coisa boa, é que o atendente é LINDO...

 

Harry Potter na Quarta feira... TA CHEGANDO PERTO!

That's All Folks

Postado por vanessa.sc às 21:44:23
  | Encaminhar Este Post

..::Entreternimento::..

"O que é um cachorro?
Cachorros passam o dia inteiro deitados, esparramados sobre a poltrona mais confortável da sala. Eles podem escutar uma embalagem de comida sendo aberta a um quarteirão, mas não te escutam quando você está no mesmo aposento. Parecem estúpidos e adoráveis ao mesmo tempo; rosnam quando não estão contentes; e quando você quer brincar, eles querem brincar, e quando você não quer brincar, eles querem brincar... Eles sabem suplicar muito bem e vão te amar para sempre se você acariciar a barriga deles... Deixam seus brinquedos por toda a parte, fazem coisas nojentas com a boca e depois ainda tentam te beijar... Conclusão: eles não passam de homens um pouco menores.

O que é um gato?
Gatos fazem o que querem; raramente te escutam; são praticamente imprevisíveis. Eles arranham quando não estão contentes e, quando você quer brincar, eles querem ficar sozinhos. Quando você quer ficar sozinho, eles querem brincar. Eles esperam que você atenda a cada um de seus caprichos, são temperamentais e deixam pêlos por toda a parte. Te deixam maluco e te custam os olhos da cara. Conclusão: eles não passam de mulheres um pouco menores."

"Roubado do Heroes Brasil postado pela Alex"  

Postado por vanessa.sc às 09:58:35
  | Encaminhar Este Post

Passando rapidinho para atualizar e deixar um link do You Tube.

Clique Aqui nome da música: Gesislaine - Nicolas Jr.

PS: A música e o video é de inteira responsabilidade de um amigo meu que pediu para que eu postasse o link, eu não conheço o cantor, portanto... Não me responsabilizem rs

Postado por vanessa.sc às 12:26:41
  | Encaminhar Este Post

..::Daniel Craig fora de 007::..

"Em recente entrevista à revista americana People, o astro principal da nova versão da franquia James Bond, Daniel Craig ("Nem Tudo é o Que Parece"), soltou uma bomba que pode alarmar os fãs de carteirinha de 007: ele estaria pensando seriamente em largar o papel. "Eu não quero fazer apenas filmes de espionagem. Nunca fiz filmes somente pelo dinheiro" disse Craig.

O
ator gerou polêmica ao ser escolhido dentre diversos outros astros para estrelar "007: Cassino Royale", pelo fato dele ser loiro e "carrancudo", não lembrando o charme típico do agente secreto britânico. Porém, foi somente o resultado final da película chegar aos cinemas que muita gente teve que morder a língua, já que Craig foi considerado por todos como uma das melhores encarnações de James Bond de todos os tempos.

Dirigido por Marc Forster ("Mais Estranho Que a Ficção"), o próximo filme da cine-série, que está sendo chamado "Bond 22" até agora, deverá iniciar suas filmagens no final deste ano, tendo estréia programada por volta de novembro de 2008, e será o último no qual Craig estrelará.

Com essa aparente desistência do ator em relação ao papel, fica em aberto quem poderá preencher tal vaga tão bem. Para os mais afoitos, façam desde já as suas apostas!"

Fonte: Cinema com Rapadura

Sinceramente? Graças a Deus, ele não tem NENHUM charme para o personagem que já teve Sean Conerry e Pierce Brosman como intérpretes...

Postado por vanessa.sc às 16:55:41
  | Encaminhar Este Post

  É assim mesmo que eu estou, e acho que provavelmente ficarei pior... aiai!

Postado por vanessa.sc às 10:37:04
  | Encaminhar Este Post

Humor Atual

Meu Perfil

Links

. Blog do Uol
. Letras de Musica
. Martha Falcão
. Omelete
. Cinema com Rapadura
. Cinemais
. Cinemark
. UFAM


Nome: Vanessa Carvalho

Nascimento: 28 de Janeiro

Signo: Aquário

Cidade: Manaus/Amazonas

Twitter: @Nessasc

Twitter²: @Filmes_Livros

Profissão:

Férias vitalícias. Terminei de escrever um livro chamado "Anos Incríveis" e pelo que parece vai sair mais cedo do que eu pensava, só falta eu deixar de ter preguiça e começar a passar para o computador.




Frase: "Can you put a price on your dreams?"


Gosto:

Eu gosto de estar com as pessoas que gostam de mim, gosto dos meus amigos, são poucos, mas eles são importantes pra mim. Estou apaixonada, muito, e estou muito feliz.Sou desconfiada, ciumenta (apesar de conseguir esconder até que bem isso das pessoas), seletiva nas minhas coisas, não perdoo fácil as pessoas quando me ofendem ou alguém que eu amo, tenho pouca paciência, não posso negar e sou bastante racional, dificilmente me deixo ser levada pelas minhas emoções. Mas sou muito chorona, choro em desenho animado, novela mexicana (FATO), quando estou triste, e também quando estou feliz. Choro em livros (Calafrio foi o último que eu chorei) e adoro escrever.



Odeio:

Injustiça e mentira, acho que essas duas palavras resume bastante como eu sou no cotidiano.




Filme:

Um filme que resume bem meu gosto por tudo na vida é Orgulho e Preconceito... Sim o sarcasmo, pra mim, mostra muito do sentimento não dito entre duas pessoas. Mas eu gosto também de filmes antigos como "Casablanca" e "Bonequinha de Luxo" (Ainda está para nascer alguém como a Audrey linda Hepburn. Gosto de filmes de ação, romance, drama, desenhos. Ainda estou em dúvida em relação às comédias românticas. Acho que elas deixaram o brilhantismo de Meg Ryan e Tom hanks nos anos 80/90, não inovam mais e sempre é aquela mesma coisa chata. Harry e Sally adoro o final do filme. Filmes do momento como a série Harry Potter (Sim, eu gosto), Saga Crepúsculo eu assisto por ter lido os livros, confesso, não espero muita coisa deles, mas são legais, filmes dos anos 80? Clube dos Cinco, Primeiro ano do resto de nossas vidas, Curtindo a vida adoidado, Goonies, Gremlins, e por aí vai...



Música:

Trilhas Sonoras de filmes, eu sou particularmente fã. Mas gosto do "The Fray", do "David Cook" (Ganhador do American idol de 2008), "Bon Jovi" (Always), Ana Carolina, Jota Quest, Skank, Emmerson Nogueira (Todos Mineiros - Adoro o sotaque mineiro), Lulu Santos (Ainda a trilha sonora da minha vida, não tem jeito), e claro, coisas que eu trago ainda da minha adolescência como Backstreet Boys. Músicas dos anos 80, do rock nacional sempre me animam.



Livros Lidos:

Crepúsculo (Saga Completa); Orgulho e Preconceito; As areias do tempo; Saga Millennium, O Clube do Filme, Anjos e Demônios, Calafrio, Feios, A menina que roubava livros, Dançando no ar, Wake.



Livros para Ler:

Fallen, Swoon, Símbolo Perdido, Coração Ferido, A Guardiã da Meia-Noite, Para Sempre, Lua Azul, O legado da Caça-Vampiros, A Princesa e o Gelo, e mais alguns que eu não lembro.



Lendo: Um beijo do destino.








:: Vanessa's Link::





Arquivo

01/11/2010 a 30/11/2010
01/10/2010 a 31/10/2010
01/09/2010 a 30/09/2010
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/04/2010 a 30/04/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005

Votação

[Avalie Este Blog]

Indique Este Blog

[Clique Para Indicar]

Visitas

Créditos

[ Layout ]
VICKYS.com.br
VICKYS.com.br

[ Powered by ]

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular