Thank you for every kindness. Thank you for our children. For the first time I saw them.

Thank you for being someone I was always proud to be with. For your guts, for your sweetness.

For how you always looked, for how I always wanted to touch you.

God, you were my life. I apologize for everytime I ever failed you.

Especially this one... I forgive you.

For being so wonderful a guy would choose hell over heaven just to be around you.

 

Como as coisas são... Justo HOJE, acabei achando um canal que estava passando “Amor além da vida” rs... Almas Gêmeas... Bullshit...

Hoje não tem beijos!

Tenham um bom dia.

Postado por Nessasc às 09:35:37
  | Encaminhar Este Post

..:: Noite de Tormenta::..

(...) E ela chorou, compulsivamente,

até adormecer altas horas da madrugada!

Beijos Uivantes!

Postado por Nessasc às 08:10:10
  | Encaminhar Este Post

..::Um relato::.. - Spin off Livro

Tudo é muito estranho!

Sentir você perto, mesmo tendo a clara certeza que você não está! Você está longe! E eu queria estar com você, mas isso, pelo menos por enquanto não é possível. E mesmo assim, mesmo longe eu te sinto perto, às vezes, tão perto que eu tenho a impressão de que, se eu esticar meus braços, posso tocá-lo.

Não sei como farei esta carta chegar até você, gostaria muito que chegasse, mas como os tempos estão estranhos, acho que não será assim tão fácil, de alguma forma sinto que não posso, que não devo, e isso é angustiante! Tão angustiante que chega a doer.

Eu estou bem – aparentemente bem – as pessoas que me rodeiam e me vêm sorrindo, não sabem quão dolorido está meu coração. Se me fosse permitido mensurar tamanha dor, provavelmente as pessoas não acreditariam que alguém é capaz de suportá-la. Assim elas saberiam o segredo do meu coração.

Eu te falei que não sei lidar com um sentimento tão grande quanto este que eu sinto por ti, é verdade, eu realmente não sei. Um sentimento assim não combina com controle, e eu sempre, toda a minha vida tentei controlar minhas emoções, simplesmente controlar! Sim, isso é um defeito, eu sei, todos os meus amigos falam isso, mas acho que ele morrerá comigo.

A saudade me mata um pouco a cada dia e caso você venha a ler este relato, vai me falar que eu estou errada, que eu sou forte, mas suas mensagens fazem falta, aquelas que constantemente eu encontrava... Que você me deixava, pela casa.

Você deve estar preocupado em não ser encontrado, eu sei, meu lado racional sabe disso, mas o meu coração já tomou o controle do meu cérebro há muito tempo. Mas as suas mensagens, mesmo depois de tudo, acabavam sendo uma comprovação de que você estava bem e que ainda pensava em mim.

Ando triste, pois não sei como fazer para encontra-lo, nem sei se vou voltar a vê-lo algum dia. Toda essa situação...

Passei por uma joalheria outro dia e vi um casal comprando alianças... Por mais que eu saiba que eu sou tua, só tua, meu coração dói quando lembro das promessas feitas tragicamente interrompidas – a de eu estar agora com um anel dourado em minha mão esquerda.

Nessas horas, meu corpo chama pelo teu – grita pelo teu – cada dia mais alto, mas por mais que eu grite, que eu queira, não consigo fazer com que você me escute e me leve para o seu lado. DEUS, como eu queria estar agora ao teu lado, na tua cama sentindo teus beijos, teu toque, o calor do teu corpo... Escutando teu coração bater mais rápido – promessas de um amor... Ver teu sorriso, sentir teu cheiro, TE SENTIR por completo, sem nenhuma outra coisa para atrapalhar, nenhuma distância, definitivamente de todas as formas.

Manu.

Beijos Uivantes.

PS: Lobos têm um único parceiro para a vida inteira.

Postado por Nessasc às 21:13:13
  | Encaminhar Este Post

..::About Nicholas::..

   Todos sabem que cinema é a minha vida (se não é profissionalmente – ainda – é pessoalmente) e eu, quando posso, fico atenta ao que rola no mundo da sétima arte.

Tem um tempo que eu fico incomodada com algumas coisas que estão acontecendo. Calma, não vou começar uma discussão inútil de quem é o melhor ator de todos os tempos, se James Stewart ou Al Pacino. Primeiro, por que não se chegaria a lugar nenhum (apesar dessa que vos escreve saber que ninguém supera James Stewart) depois porque esse tipo de discussão funciona melhor em um jantar na casa de amigos, enfim...

Agora eu quero falar mesmo é do autor Nicholas Sparks. Para quem não está familiarizado com o nome dele, é autor de vários livros como “Diário de uma paixão” (The Notebook); “Um amor para recordar” (A walk to remember) ou então “Uma carta de amor” (Message in a bottle), coincidentemente todos viraram filmes. E todos falando de relacionamentos (que funcionaram ou não). Ele tem outros títulos que também viraram filmes, mas eu vim falar dos livros em si e não das obras cinematográficas.

Tá certo que nós, mulheres, adoramos esses tipos de filmes (algumas mais, outras menos), afinal de contas, são filmes que falam de amores impossíveis, amores possíveis, amores do passado... Amores, amores, amores (Não vou duvidar que daqui a pouco ele irá escrever um livro sobre amores... Em continentes diferentes). Histórias de amor nos faz sonhar, mas escrever SEMPRE sobre a mesma coisa? Pode funcionar no primeiro, no segundo e até mesmo no terceiro (se bem aproveitado), mas precisa ter outras coisas para chamar a atenção a partir disso.

Escrever sobre amores já exige uma carga emocional muito grande, agora imagina escrever sempre de amores que passam por uma morte, ou por situações deprimentes? (E eu estou falando da doença mesmo, da depressão e não de situações patéticas). Há sempre algo ou alguém sofrendo de alguma coisa (seja doença incurável ou de uma depressão profunda).

As editoras brasileiras ainda não abriram os olhos para os livros dele.  Agora que estão chegando alguns títulos, como “Querido John”; “Noites de Tormenta”; e “A última Música”. Só que ele tem vários outros livros, um exemplo? “Um amor pra recordar”, que eu confesso ser uma história tocante e linda, ainda não existe no mercado nacional (não da maneira tradicional, é só procurar um pouco que se encontra vários E-books, com tradução duvidosa pela internet). Se alguma editora resolver trabalhar sério com os livros dele, acharam a Galinha dos ovos de ouro, como a Bertrand achou ao resolver publicar os livros da Nora Roberts. Por que eu estou falando isso? Ele é um autor que de mês em mês lança um livro diferente, como não querer um autor assim?

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 12:45:18
  | Encaminhar Este Post

..::Bela e a Fera::..

Eu falo horrores de Orgulho e Preconceito, mas vou deixar um pouco de lado minha história preferida e falar... Do “hour concours” da Nessa... O desenho da Disney “A Bela e a Fera”. Eu assisti no cinema, vi o espetáculo da Broadway (Incluindo o nacional, que eu fui à São Paulo somente no intuito de assisti-lo), vi o da Disney, obviamente (Que até hoje eu lembro a esculhambação do meu pai gritando – no meio do parque – “Vanessa tu gastaste um filme de 36 poses só pra tirar foto dessa apertada dessa Bella?” – Explicando para as pessoas que não sabem do que eu estou falando: Eu nasci na era das máquinas de foto analógicas, sim, ainda existem pessoas que podem lhes dar toda e qualquer informação sobre esse aparelho do passado) voltei a ir ao cinema para assistir a cena nova que havia sido excluída do original... E fiquei pensando, o que mais poderiam fazer? Um “Live action”? Talvez até tenha, mas confesso que imaginar o Gaston em carne e osso não é uma visão que vá fazer você ter sonhos maravilhosos com isso – até porque não imagino nenhum atorzinho fazendo personagens que eu tanto amo. E mesmo porque no musical da Broadway já houve o filme com atores reais.

Mas, a Disney, além de uma fábrica de sonhos, é também americana e como tal, procura SIM ganhar mais e mais “verdinhas” à custa de pessoas idiotas como essa que vos escreve. Como pode uma pessoa que já viu quase todas as versões possíveis do desenho (Eu me esqueci de contar que fiquei plantada na loja, na época que o DVD foi lançado, para poder ser a primeira a comprar o DVD) ainda se emocionar e querer ir ao cinema para assistir a versão em 3D? Sinceramente só sendo uma perfeita idiota, mas tudo bem, eu assumo, vou morrer e ainda esse desenho vai me trazer lágrimas aos olhos...

E olha que o trailer que eu vi no CCR (aka Cinema com Rapadura) nem foi em 3D. Mas foi a cena que eu mais amo no filme todo (Não, não foi a cena do beijo – o que aliás, eu ainda fico preferindo o príncipe como fera) que é a cena da dança da Fera com a Bella (Fiquei imaginando aquela troca de olhares repetidas vezes nos meus sonhos mais românticos, acho que, quando um casal tem troca de olhares como deles dois... É porque eles sentem um amor incondicional um pelo outro). Agora, imagina essa cena em 3D? Imagina o filme TODO em 3D? Pode ser até conversão ou outra coisa parecida, mas ainda assim vou me preparar para levar uma caixa de lenço de papel ao cinema, porque eu VOU chorar o filme todo, principalmente nessa cena específica...

Fico pensando como ela seria... Enfim... Claro que trocando a cor do vestido obviamente. Não que eu não goste de amarelo, mas acho que, na situação que eu imagino, amarelo não cairia muito bem, e sim a cor que representa a junção de todas as outras (Fica a dica). Mas independente da cor do vestido, o que eu sonho é com uma troca de olhares como aquela... O resto é consequência.

Enfim... Tirando da cabeça uma situação que eu sei que provavelmente nunca irá acontecer (toda ela), eu não vejo a hora de ver a estreia, que provavelmente eu irei, nem que eu vá sozinha (Ainda bem que a Rayssa ama o desenho também). A data nos EUA é dia 12 de agosto, quando será que ela irá aparecer por aqui?

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 09:27:37
  | Encaminhar Este Post

..::Sonho ou Pesadelo?::..

Eu estava correndo. Era um corredor infinito, escuro – sem qualquer iluminação ou paredes claras, aliás, a tinta das paredes parecia mais piche que uma simples tinta preta. Era melada, e grudenta, e cada vez mais que eu avançava elas estreitavam-se mais.

No fim dele, eu escutava o seu sorrido, quer dizer, um sorriso que eu vi apenas em uma foto. Esse tipo de sorriso não tem som, mas eu escutava seu sorriso e ia em direção a ele, mas quanto mais eu andava, mais alto seu sorriso ficava, maior o corredor ficava.

A imagem do seu sorriso vinha em minha cabeça e eu começava a andar mais rápido, mas quando isso acontecia, as paredes se fechavam e eu não conseguia prosseguir, não conseguia sequer respirar... E a constante presença do som do seu sorriso piorava a situação.

Eu começava a te chamar, a chamar teu nome, mas você nem assim me respondia, só o som do teu sorriso como quem fala: “eu estou bem aqui, é só andar”. E eu andava, já que não podia correr... E andava, e andava...

Quando eu já estava cansada de tanto andar (parecia que eu estava andando uma eternidade), por cerca de um segundo, eu enxergava você e seu sorriso, mas vinha uma luz! Forte e clara o suficiente para me cegar.

Quando o efeito passava, eu estava em um local, claro sim, mas... Deserto! Eu ficava olhando, era colorido, e havia flores, de vários tipos... Eu não conseguia identifica-las, não as conhecia, mas eram coloridas, de todas as cores, vermelhas, amarelas, laranjas...

Mas eu sabia que algo estava errado... Eu estava sozinha, e não havia mais o som do seu sorriso!

Eu acordo!

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 12:22:45
  | Encaminhar Este Post

..::Stranger::..

Tudo anda bastante estranho nesses últimos dias, estranho com é isso... Muitas vezes, em muitos momentos das nossas vidas, todas as “frustrações e incertezas e medos” (Aka Felipe Neto) resolvem a aparecer TODOS de uma só vez...

Vou falar uma coisa... Isso é um saco. E a imaginação da pessoa (que é bem criativa em alguns momentos) viaja literalmente... O que não é legal. O problema é que eu sou transparente demais, e mesmo odiando isso, foi uma coisa que eu não consegui mudar com o tempo, parece que, quanto mais as pessoas me conhecem, menos eu consigo esconder minhas emoções pra elas... O que no final das contas... Deixa pra lá!

Tem meu livro, ou melhor, protótipo de livro, que estancou (de novo) no capítulo 10, não sei como escrever tantas coisas que estão por vir... Que droga! Onde eu devo concentrar minha imaginação ela não funciona, me pergunto se André Vianco, Marcelo Rubens Paiva, Dan Brown sentiram isso... Não quero escrever qualquer coisa, quero algo forte e impactante... Ainda terei que pensar sobre, talvez abrir o arquivo seja um bom início.

Enquanto isso, meus neurônios se agitam por coisas que no final das contas, não serão tão importantes assim (ou serão?). E outra... Ainda recebo visitas das mesmas pessoas que costumavam me visitar?

Whatever...

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 11:48:07
  | Encaminhar Este Post

..:: Preconceito ou falta de cérebro?::..

Enquanto eu espero, o jeito é escrever por aqui mesmo!

Geralmente, quando vemos fotos, videos e afins das celebridades, ficamos pensando no glamour que é a vida dessas pessoas? Contratos de milhões de dólares para fazer uma mísera ponta em um filme qualquer, para que as pessoas não esqueçam seus nomes...

Quando você vai envelhecendo e percebe que sua carreira está com os dias contados, a coisa começa a ficar mais difícil, principalmente para aquelas pessoas que nos anos 80 eram considerados o exemplo de beleza...

Por que eu estou falando isso? Bem, digamos que eu fiquei com muita pena do comentário infeliz que o Sylvester Stalonne fez sobre o Brasil... Claro, depois de se esbaldar por nossas terras tupiniquins com seu ultra, hiper filme violento "Os Mercenários".

Na Comic-Con 2010, ele soltou um comentário falando que eles poderiam explodir o país inteiro que falariamos obrigado e ainda presentiaríamos com um macaco... Sinceramente, não sei o que me revoltou mais, se foi o fato de ele falar que diríamos "obrigado" ou de ele falar de maneira pejorativa de um animal da nossa fauna... De qualquer forma, não foi uma coisa muito legal de se falar.

Vai ver, ele notou que já nao tem mais pique para fazer seus "Rockys" da vida, ou viu que o filme é uma merda mesmo que resolveu chutar o pau da barraca... Enfim...

Mas isso é apenas reflexo de um país fechado em si mesmo... Infelizmente, os americanos (Pelo menos uma boa parcela deles) estão vivendo no "País das Maravilhas" e sem direito a uma rainha de Copas para quebrar essa "maravilha" que eles acham que são os EUA. Eu tenho certeza que se jogarmos um americano no meio da Cidade de Manaus, por exemplo, não vai saber nem que está no Brasil, quanto mais pegar um táxi...

Sim, nós não somos o país com a moeda mais forte do mundo, nem temos a Disney ou Las Vegas, ou então a Apple ou seja lá qual outra atração que eles tenham, mas nós ainda somos uma população e ainda fazemos parte do planeta terra, e eu acho que como tal merecemos respeito também... Claro, nosso país tem seus problemas, como todos os outros, não somos o melhor país do mundo, nossa pobreza ainda é muito alta, e nossos problemas políticos mais ainda, mas isso não dá o direito para nenhum bombado americano, vir aqui, se fartar de tudo o que é bom e ainda sair falando mau...

Me entristesse de ver que, em pleno século XXI, ainda existam pessoas com a mentalidade tacanha como a desse senhor.

O problema com ele é que ele ainda não percebeu que o tempo dele já passou. Os seus dois grandes amigos, que eu espero que tenham um cérebro maior que o dele, ainda estão no auge (Bruce Willis mais que todos). Quando o Governador da Califórnia notou que não poderia mais ser um exterminador, entrou para a política... Bem... Não preciso falar mais nada, certo? O Ronald Regan (Ator) virou presidente dos Estados Unidos...

Pena de ver que um povo precisa de um ator para ser presidente... Enfim... Absurdo seria ver um Tony Ramos ou Pedro Cardoso como presidente... Já pensaram no estrago?

Eu confesso que eu até gostava dele, sério, por mais que fosse uma pessoa com um cérebro pequeno, eu realmente gostava dos filmes que ele fazia, não eram uma obra prima, mas pelo menos divertiam... E eu realmente estava curiosa de assistir ao filme, afinal, foi gravado aqui no Brasil, com a Giselle Itié no elenco... Mas, depois dessa? Infelizmente, tenho que falar a verdade, que o brasileiro ainda é bobo e vai ao cinema para assistir ao filme, mas seria muito bom que o país inteiro fizesse um boicote ao filme deste senhor. Pena que muitos atores bons estão no meio desse desastre...

Pena ver Jet Lee, Mickey Rourke, Standler e tantos outros envolvidos num filme de baixo orçamento... Eles não precisam disso... Nem o Mickey, que está tentando alavancar sua carreira novamente, precisa mais disso, não depois de Iron Man II!

Se não pelo país, que eu tenho certeza que o acolheu muito bem, mas pelos companheiros dele, este senhor deveria ter escolhido melhor suas palavras... Mas é como falam... A palavra depois de dita não pode retroceder...

Feio Sylvester Stalone... Muito feio...

PS: Gostaria que esse post chegasse aos olhos dele... Devidamente traduzido para um inglês infantil, para que ele pudesse entender a idéia central...

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 10:23:42
  | Encaminhar Este Post

..:: Fantasma da Ópera ::..

Muita gente aqui deve conhecer a historia do Fantasma da Ópera, não conhece? A história de amor de um homem deformado que vivia no subsolo da Ópera de Paris e seu amor pela bela e inocente Christine? Que tem um final perfeito?

Bom a história foi contada e recontada ao longo dos anos até chegar aos palcos de Londres e da Broadway pelo Andrew Loyde Weber? E depois ao cinema com um Gerard Butler lindo de viver?

Para quem não conhece, eu recomendo, para quem conhece, e já sabe decorada a trilha sonora (Famosa no mundo todo) eu deixo no ar a pergunta: Tem alguém no mundo, que torça para o idiota do Raoul? Quer dizer, o Raoul tem o amor tranquilo e seguro que a Christine sempre procurou, mas eu sempre achei que o verdadeiro amor dela seja mesmo o Erik (Fantasma). Eu pergunto isso, por presenciar as emoções da plateia tanto da Broadway quanto do Brasil, e independente da distancia e cultura, são as mesmas, litros e litros de lágrimas no final...

Duvidam? Pode até ser bem engraçado, mas esse vídeo mostra bem como as pessoas (Claro em sua maioria mulheres) ficam no final da história... Acho que até os homens acabam torcendo para que o Erik se dê bem no final...

Segue o vídeo... Para quem não conhece, o vídeo é um SPOILER.

Beijos Uivantes

Postado por Nessasc às 12:11:59
  | Encaminhar Este Post

..::Mundo Lieterário::..

Então, no site Sobre Livros, saiu algumas resenhas de prováveis livros que virão para o mercado brasileiro. Acreditem, eu acho que “anjos e demônios” (Sem fazer apologia ao livro de mesmo nome) será a nova onda... Apesar de eu achar que sinceramente, chega de coisas do outro mundo, enfim...

Primeiro saiu Sussurro, pela Intrinseca. Aparentemente é um livro fantástico. A intrínseca está fazendo certo... Pena que ela não prestou atenção ao livro Calafrio, mas enfim...

Agora, saiu não tem muito tempo, um vídeo do livro “spin-off” da série “Os Imortais” (que já está em seu segundo livro aqui no Brasil) que chama Radiance... O bom que, para lê-lo não é preciso ter lido ainda a série original...

Outros títulos também chegaram como Sucubus Blues e Halo (Este último de uma autora australiana). Sucubus fala de um demônio mulher que, pelo que eu li, é atrapalhada – coisa que não combina nada com o “status” dela...

Acho que CS Lewis e o Tolkien jamais imaginariam que o mundo literário seria invadido, no século XXI, por tantas séries envolvendo tantos seres exóticos, vampiros que brilham no sol, lobos que se transformam no inverno e passam o resto do ano como humanos, anjos caídos que se apaixonam por humanos, demônios atrapalhados, e seres imortais e seres humanos que são submetidos a cirurgias para se tornarem perfeitos num futuro não tão próximos...

Aslam e Frodo podem falar que foram os pioneiros de toda essa modinha de séries literárias. Harry Potter pode se considerar o irmão mais velho dessa turma toda (Claro, apesar de que alguns deles são bem mais velhos que ele).

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 11:49:50
  | Encaminhar Este Post

..::Anos Incríveis::.. Mais um pouco

(...)

“Lipe, eu acho que para eu ir para o banco do motorista, você tem que sair da minha frente...” – Ele estava calado olhando intensamente para mim. Meu coração voltou a bater forte.

“Eu sei!” – Ele falou passando as mãos no meu cabelo. “Você devia usá-lo solto mais vezes. Ele tem uma cor estonteante.”

“É costume de colégio”

“Colégio estúpido te obrigar a prender um cabelo tão lindo quanto o seu.” – Ele não parava de olhar para mim. Não estava sorrindo, mas eu sabia que não era nervoso... Não da maneira natural.

“Lipe, eu...”

“Não fala nada!” – Ele colocou um dedo em meus lábios. Fechei meus olhos.

O que eu senti nos momentos seguintes foi indescritível. Os lábios dele eram quentes, assim como as mãos, mas eram carinhosos, delicados e se moviam de maneira lenta. Nossos corpos se tornaram mais próximos e eu senti suas mãos passando pela minha cintura me puxando para perto do corpo dele. Nossas bocas se colaram mais enquanto nossas línguas exploravam cada canto de nossas bocas. O mundo naquela hora parou, meu coração naquela hora parou, enquanto uma explosão de emoções surgia dentro dele.

Lentamente nossos corpos foram se soltando depois de algum tempo. Lentamente nossos lábios foram se afastando. Lentamente nossos olhos foram se abrindo, olhando um para dentro dos olhos do outro. Não havia nada para ser dito. Tudo estava claro, as palavras naquele momento não fariam sentido. Ele sorriu, pegou minha mão e me levou para o lado do motorista. Deu um beijo em minha testa, colocou as mãos dentro do bolso e foi andando. Eu ainda fiquei observando-o caminhar até cruzar a esquina.

Eu não queria pensar nisso, mas de repente, um temor de que pudesse acontecer o pior com ele passou pelo meu corpo.

(...)

Beijos Uivantes

Postado por Nessasc às 23:49:22
  | Encaminhar Este Post

..::Noite de Reis - Shakespeare::..

Se a música é o alimento do amor, não parem de tocar. Deem-me música em excesso; tanta que, depois de saciar, mate de náusea o apetite. Aquela toada de novo, com um cadencia que vai morrendo no final – ah, ela chegou aos meus ouvidos como o suave som que respira sobre um monte de violetas, roubando e devolvendo aromas. Basta, já chega! Não é mais tão suave como era antes. Ah, espírito do amor, como sois ávido e voraz – tanto que, indiferente à vossa capacidade, devorais tal qual os oceanos, e nada em vos adentra, independentemente de seu valor e nobreza, que não caia em anulação, que não passe a ter menor valia, até mesmo em questão de um minuto! Tantas formas abriga a imaginação amorosa, que chega a ser ela mesma fantástica.

 (Noite de Reis – Shakespeare, Primeiro Ato, Cena 1, Duque)

ADENDO: Para quem não conhece, ele é considerado o escritor e dramaturgo inglês mais importante de todos os tempos... Aquele de Romeu e Julieta, lembram?

Esse trecho do livro, que eu li na vinda de Porto Alegre até São Paulo mostra exatamente o que está se passando com essa que vos escreve. Primeiro a alegria, o fascínio, o encanto... Depois a realidade, principalmente na parte “não é mais suave com era antes”gostaria muito que eu estivesse enganada... Engraçado como são as coisas, mas vamos esperar para ver...

Beijos Uivantes!

Postado por Nessasc às 07:36:39
  | Encaminhar Este Post

..::...Saudades...::..

Então, Porto Alegre...

Acho que foi amor à primeira vista, sério. A cidade é lindinha, toda arrumadinha, estava FRIO, muito frio, mas isso não impediu de irmos às Serras. Gente, o que é Gramado? Sério, o frio estava maior que em POA – saía fumacinha da nossa respiração, onde que no Brasil eu imaginei a fazer fumacinha com a respiração? Mas lá é uma cidade que eu poderia viver minha aposentadoria, sério... Pena que não deu para irmos aos tais cafés coloniais... Mas isso é desculpa para voltar mais vezes por lá...

Dizem que viajar é trazer um pouco do local que vamos visitar e deixar um pouco da gente por lá... Eu posso dizer que eu deixei grande parte de mim por lá, sério, nunca pensei que ir embora, fosse doer tanto... Desde o aeroporto eu já estava querendo correr e...

Enfim, não olhei para trás ontem porque eu sabia que se eu olhasse eu iria chorar, confesso que estou querendo chorar até agora! Estou com saudades de você... Muitas... É estranho isso porque, eu falo contigo quase todos os dias, mas ficar perto depois de dois anos, me lembrou do quanto é bom te ter como amigo. E o quanto é bom te ter por perto.

Acho que eu nunca falei de maneira tão sincera assim contigo e sobre você antes como eu estou fazendo agora... É... A frase realmente é mais verdadeira agora...

“Quem inventou a distância não sabe o quanto dói sentir saudades”.

Eu estou falando de uma amizade de 10 anos. Eu sei que ela é motivo de ciúmes para uma ou duas pessoas, mas isso até te conhecer!

Adoro você, e estou com saudades.

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 14:10:39
  | Encaminhar Este Post

..::Bye Bye, So long, very well::..

Bem, hoje estou indo viajar e provavelmente nano atualizarei o blog com tanta frequência (o que já não é uma grande novidade assim).

Levarei o notebook, obviamente, afinal de contas, ele anda comigo para onde quer que eu vá (como diz a música dos Paralamas do Sucesso) e tentarei mantê-lo atualizado o máximo que eu puder.

Itinerário? Serras Gaúchas e... São Paulo [novidade vindo de mim, não é?]. Volto dia 19.07 (Aulas começam ¬¬).

Beijos Uivantes [Acho que lobos passaram a ser minha marca registrada, simples assim].

Postado por Nessasc às 09:13:27
  | Encaminhar Este Post

..::Anos Incríveis - Parte do meu livro::..

(...)

Já havia me recolhido para o quarto quando eu escuto baterem à porta. Era Leonardo e estava ansioso para falar comigo.

Manu, posso entrar um minuto?”

Claro, Leo, que pergunta! O que foi? Algum problema?”

Problema? Não, não! Apenas gostaria de lhe entregar isso.”

O que é isso?” – Perguntei pegando um pequeno embrulho da mão dele.

Presente do Felipe.”

Não sei se foi pelo longo dia, pelo fato de ter conseguido ficar por mais de três horas ao lado daquele homem desprezível ou se por ouvir o nome de Felipe, senti um frio em minha espinha que não era de medo. E claro, meu coração havia disparado novamente. Notei que Leo começou a rir baixinho quando notou a maneira como eu fiquei.

Ora, vá embora daqui!” – Falei sorrindo e jogando uma almofada em cima dele para que ele fosse logo embora.

Ele havia me comprado um presente! Eu não sabia se sorria se abria o embrulho. Estava tão bem embrulhado. Mas a curiosidade, acessório de fábrica nas mulheres, falou mais alto. Abri com todo o cuidado para não rasgar o papel. Era uma jóia, uma corrente, mas diferentemente de Costa havia uma única estrela como pingente. Em um papel separado estava escrito “Feliz Natal” em uma letra linda e um “espero que da próxima vez que nos encontrarmos você esteja usando isso.” Era uma estrela de cinco pontas linda, perfeita. Tratei de tirar aquela corrente que estava em meu pescoço e trocar pela de Felipe. Era delicada e leve. Uma coisa mais eu sabia dele: ele era observador. (...)

Beijos Uivantes

Postado por Nessasc às 08:55:43
  | Encaminhar Este Post

..::Relembrar é viver::..

 Então, acordei meio saudosista hoje. E não foi devido ao sonho que eu tive, que me lembrou os filmes de aventura que passavam na sessão da tarde, mas devido ao fato de que tudo, pelo menos por aqui, muda para pior, pelo menos em termos musicais.

Estava no You Tube, e encontrei o vídeo de Pirlimpimpim da música “Lindo balão Azul” [aquela: pegar carona numa calda de cometa, pela via láctea...] quem tiver mais de 25 anos vai se lembrar da música.

Naquele tempo tínhamos Zé Ramalho, Baby Consuelo [e não me venha com Baby do Brasil], Moraes Moreira, Guto Graça Melo (irmão do Ricardo Graça Melo), Bebel Gilberto, Fábio Jr, Lucinha Lins, Chico Buarque (Que tem inclusive um musical infantil fazendo sucesso até hoje) e tantos outros que fizeram a minha infância uma das mais ricas: culturalmente possível.

Quando olho para hoje, sinto tristeza! As crianças hoje estão sujeitas aos Fresnos da vida, aos Justin Bieber da vida... Cadê as músicas que faziam as crianças desenvolverem a imaginação? Onde estão os programas do estilo “Plunct Plact Zum” que faziam com que crianças do país inteiro cantarolasse (mesmo que errado) músicas como “use a imaginação...” ou “parem esperem ai, onde é que vocês pensam que vão?” (Interpretada por um Raul Seixas irreconhecível – pouco tempo depois ele morreu aos 44 anos)? Onde estão esses programas? O que estão fazendo com a infância? Quer dizer, quando a minha geração chegar ao fim, o que vai sobrar? Nada! Zero! Ninguem mais vai saber quem foi, ou melhor o que foi o “Balão Mágico” nem vai mais cantar “Se enamora”.

Isso está acabando!

Beijos Uivantes.

Postado por Nessasc às 16:57:23
  | Encaminhar Este Post

E quanto à Eclipse...

Em tempos de desclassificação de COPA nada melhor que ir ao cinema. E eu fui assistir ao filme da Saga “modinha” do momento, sim, porque foi isso que Crepúsculo se tornou, modinha.

Entendam, eu ainda tenho algum apego pelas histórias, cada vez menos, é verdade, mas ainda assim Bella, Jake e Edward me fazem suspirar, e em Eclipse não foi diferente. Dessa vez, eles estavam mais eles... Do livro. O diretor, enfim, conseguiu traduzir o que estão nas páginas dos livros da Stephenie.

É realmente o melhor dos filmes até agora, mas ainda não é a melhor obra cinematográfica feita no planeta. Eu sempre me prendo na história e tudo, mas, pelo fato de eu saber decorada esta história eu pude relaxar [um pouco] e prestar atenção nas partes técnicas e chatas do filme. Infelizmente eu tenho que concordar com muitos críticos quando dizem que as interpretações são sim superficiais. Mas não deixam de ter certo brilho e intensidade. Principalmente o carinho que a Bella tem pelo lobo Jake, confesso que aquela parte me tocou, mais até que o “término” dela com ele.

Nesse filme Rob Pattz parecia meio perdido, meio “o que é que eu ainda estou fazendo nesse filme?”, sim, eu senti isso na interpretação dele, infelizmente, mesmo com todo esforço da equipe, tendo Catalina Sandino Moreno [que não está nos créditos do filme] interpretando a vampira Maria, uma personagem importante da história, o filme parece “uma tarefa de casa mal feita”.

Quando eu comecei a ler as críticas que era o melhor dos filmes, senti muita esperança de que dessa vez as coisas começassem realmente a ter um conteúdo de qualidade, que não me passasse a impressão de que estes filmes estão sendo feitos apenas àquelas pessoas fanáticas que fazem qualquer coisa, e eu digo qualquer coisa mesmo, para ver sua saga preferida na tela do cinema. Claro que eu ainda adoro a história, não como antes, mas gosto e gostaria muito que as coisas fossem diferentes, mas não são.

São erros toscos de continuidades que me fazem ter menos fé na qualidade cinematográfica da Saga. Sim, não existe a mesma atenção pra eles [pelo menos até agora] que tem Percy Jackson, por exemplo, mas a qualidade dos efeitos melhorou bastante, tanto que me fez querer estar no lugar da Bella quando ela está cercada por lobos enormes. Mas que tem os olhos mais gentis que alguém pode fazer um lobo. O lobo Jake foi onde o capricho pôde ser confirmado. É um lobo lindo com a cor acastanhada idêntica às descrições do livro que vale a pena ter assistido.

Mas erros de continuidades tolos fazem com que o filme seja apenas mais um filme para uma produtora arrecadar dinheiro. Alguns críticos estão falando que a culpa é da história em si que o triangulo amoroso é fraco... Bem, sim, houve outros triângulos na história do cinema mais brilhantes que este, mas este é adolescente, ninguém “tira” da minha cabeça que nunca nenhuma adolescente teria sentimentos tão intensos quanto os apresentados em cena, e isso é legal. Passa até alguma moral aqui e ali... Mas não é o ponto principal dele.

Postado por Nessasc às 00:36:40
  | Encaminhar Este Post

..::Uruguai para levantar a taça::..

A COPA ACABOU! Acabou? Não, a COPA não acabou ainda teremos as semifinais, o que acabou foram as tais “vuvuzelas” perturbando o meu juízo em dia de jogo do time do Brasil.

Não Vanessa, não é time e sim seleção! NÃO! Seleção foi a de 70! Seleção foi a de 94, sim por que não? Mas isso daí, que foi para a África do Sul, não tem dignidade de ser chamada de Seleção. A seleção tem amor à camisa, o que obviamente não aconteceu. Seleção vai com o coração para dentro do campo, o que obviamente não aconteceu, não com o Brasil.

Aconteceu com o Uruguai agora! Que jogo, que classificação. Que time. Eu não estava torcendo para nenhuma seleção, mas agora, por esse jogo, estou torcendo para o Uruguai. Eles merecem sim levantar mais uma vez a taça de campeão do mundo.

Fui gente!

Postado por Nessasc às 16:40:25
  | Encaminhar Este Post

..::Eu tenho que ir embora::..

Eu, às vezes, tenho medo desse meu lado bruxa... Sério, eu avisei pra TODO mundo, avisei pro meu namorado, que parece que foi o único que me escutou [ainda bem que ele não gastou dinheiro para comprar a camisa do Brasil]. Para mim, o Brasil chegou longe demais... E tem mais, deu pena do Júlio Cesar? Sim, deu pena, mas é isso ae... Vida pra frente gente! E eu não sei se o pessoal tá triste porque não vai ser Hexa, ou porque não haverá mais dias “day off” haha =x. O foda é ter que escutar agora o Maradona falar HORRORES... Isso que vai me dar raiva da incompetência do Brasil... Puta que paril!

Fui gente!

Postado por Nessasc às 11:10:55
  | Encaminhar Este Post

..::Hora de dar F5::..

Algumas mudanças dos anos 70 para os dias de hoje: Em resumo, vamos dar um F5, por favor...

Antes era: creme rinse
Agora é: condicionador

Antes era: obrigado
Agora é: valeu

Antes era: é complicado
Agora é: é foda

Antes era: collant
Agora é : body

Antes era: rouge
Agora é: blush

Antes era: ancião e coroa
Agora é: véi

Antes era: bailinho e discoteca
Agora é: balada

Antes era: japona
Agora é: jaqueta

Antes era: nos bastidores
Agora é: making off

Antes era: cafona
Agora é: brega

Antes era: programa de entrevistas
Agora é: talk-show

Antes era: reclame
Agora é: propaganda 

Antes era: calça cocota
Agora é: calça cintura baixa

Antes era: flertar, paquerar
Agora é: dar mole

Antes era: oi, olá, como vai?
Agora é: e aê?

Antes era: cópia, imitação
Agora é: genérico

Antes era: curtir, zoar
Agora é: causar

Antes era: mamãe, posso ir?
Agora é: véiaaaa, fui!!!

Antes era: legal, bacana
Agora é: manero, irado 

 

Postado por vanessa.sc às 11:22:11
  | Encaminhar Este Post

RIP!

Sem cabeça para atualizar... Minha cadelinha morreu, estrou triste, e se algum coração de pedra resolver falar alguma coisa que eu não gostar vai receber uma das respostas mais mal educadas que eu posso ser capaz de dar. Portanto... Se alguém quiser, pode como sempre deixar comentários, mas saibam que ela era o amor da minha vida!

Postado por vanessa.sc às 09:25:24
  | Encaminhar Este Post

Humor Atual

Meu Perfil

Links

. Blog do Uol
. Letras de Musica
. Martha Falcão
. Omelete
. Cinema com Rapadura
. Cinemais
. Cinemark
. UFAM


Nome: Vanessa Carvalho

Nascimento: 28 de Janeiro

Signo: Aquário

Cidade: Manaus/Amazonas

Twitter: @Nessasc

Twitter²: @Filmes_Livros

Profissão:

Férias vitalícias. Terminei de escrever um livro chamado "Anos Incríveis" e pelo que parece vai sair mais cedo do que eu pensava, só falta eu deixar de ter preguiça e começar a passar para o computador.




Frase: "Can you put a price on your dreams?"


Gosto:

Eu gosto de estar com as pessoas que gostam de mim, gosto dos meus amigos, são poucos, mas eles são importantes pra mim. Estou apaixonada, muito, e estou muito feliz.Sou desconfiada, ciumenta (apesar de conseguir esconder até que bem isso das pessoas), seletiva nas minhas coisas, não perdoo fácil as pessoas quando me ofendem ou alguém que eu amo, tenho pouca paciência, não posso negar e sou bastante racional, dificilmente me deixo ser levada pelas minhas emoções. Mas sou muito chorona, choro em desenho animado, novela mexicana (FATO), quando estou triste, e também quando estou feliz. Choro em livros (Calafrio foi o último que eu chorei) e adoro escrever.



Odeio:

Injustiça e mentira, acho que essas duas palavras resume bastante como eu sou no cotidiano.




Filme:

Um filme que resume bem meu gosto por tudo na vida é Orgulho e Preconceito... Sim o sarcasmo, pra mim, mostra muito do sentimento não dito entre duas pessoas. Mas eu gosto também de filmes antigos como "Casablanca" e "Bonequinha de Luxo" (Ainda está para nascer alguém como a Audrey linda Hepburn. Gosto de filmes de ação, romance, drama, desenhos. Ainda estou em dúvida em relação às comédias românticas. Acho que elas deixaram o brilhantismo de Meg Ryan e Tom hanks nos anos 80/90, não inovam mais e sempre é aquela mesma coisa chata. Harry e Sally adoro o final do filme. Filmes do momento como a série Harry Potter (Sim, eu gosto), Saga Crepúsculo eu assisto por ter lido os livros, confesso, não espero muita coisa deles, mas são legais, filmes dos anos 80? Clube dos Cinco, Primeiro ano do resto de nossas vidas, Curtindo a vida adoidado, Goonies, Gremlins, e por aí vai...



Música:

Trilhas Sonoras de filmes, eu sou particularmente fã. Mas gosto do "The Fray", do "David Cook" (Ganhador do American idol de 2008), "Bon Jovi" (Always), Ana Carolina, Jota Quest, Skank, Emmerson Nogueira (Todos Mineiros - Adoro o sotaque mineiro), Lulu Santos (Ainda a trilha sonora da minha vida, não tem jeito), e claro, coisas que eu trago ainda da minha adolescência como Backstreet Boys. Músicas dos anos 80, do rock nacional sempre me animam.



Livros Lidos:

Crepúsculo (Saga Completa); Orgulho e Preconceito; As areias do tempo; Saga Millennium, O Clube do Filme, Anjos e Demônios, Calafrio, Feios, A menina que roubava livros, Dançando no ar, Wake.



Livros para Ler:

Fallen, Swoon, Símbolo Perdido, Coração Ferido, A Guardiã da Meia-Noite, Para Sempre, Lua Azul, O legado da Caça-Vampiros, A Princesa e o Gelo, e mais alguns que eu não lembro.



Lendo: Um beijo do destino.








:: Vanessa's Link::





Arquivo

01/11/2010 a 30/11/2010
01/10/2010 a 31/10/2010
01/09/2010 a 30/09/2010
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/04/2010 a 30/04/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005

Votação

[Avalie Este Blog]

Indique Este Blog

[Clique Para Indicar]

Visitas

Créditos

[ Layout ]
VICKYS.com.br
VICKYS.com.br

[ Powered by ]

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular